Publicidade

sexta-feira, 29 de novembro de 2013 Política | 13:00

Governo de SP e Procuradoria recebem 31 recomendações para reduzir violência doméstica

Compartilhe: Twitter

O governo do Estado, o Ministério Público, o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública do Estado de São Paulo receberam 31 recomendações da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre violência da mulher do Senado. A violência sexual cresceu 23% no estado de São Paulo de 2012 a 2013, segundo relatório da comissão.

Leia também: ‘Leis que protegem a mulher não são aplicadas adequadamente’, diz Ana Rita

A falta de Delegacias da Mulher no estado é o principal ponto abordado pelo documento -corroborado pela promotora Maria Gabriela Prado Mansur, do Núcleo de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, que também afirma que falta investimento na capacitação de policiais militares e civis para lidarem com a violência contra a mulher.

O relatório também pede que o governo crie a Secretaria de Políticas para as Mulheres e o que o TJ crie um cadastro de processos de violência contra mulheres.

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.