Publicidade

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 Política | 19:00

Governo de SP vai se reunir com MP para pedir continuidade dos contratos do Metrô

Compartilhe: Twitter

O secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, a diretoria do Metrô e o Ministério Público se reúnem na semana que vem para discutir a suspensão dos contratos ainda em execução da companhia com o governo de São Paulo, pedido oficialmente pelo MP.

Secretário Jurandir Fernandes (foto: divulgação/Alesp)

Secretário Jurandir Fernandes (foto: divulgação/Alesp)

Leia também: Promotor vê indício de cartel e pede suspensão de contratos do Metrô de SP

Fernandes vai defender a continuidade dos contratos. Ele afirma que a reforma de 98 trens foi mais vantajosa do que a compra de trens novos. Nos cálculos da Promotoria, orçada originalmente a um custo de R$ 1,622 bilhão, a reforma acabou custando aos cofres do governo de São Paulo cerca de R$ 2,5 bilhões, um acréscimo de R$ 875 milhões ao montante original.

Na Assembleia Legislativa de São Paulo, para participar da reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Malha Ferroviária Paulista, o secretário afirmou que “talvez o mundo tenha que aprender conosco”, ao defender a reforma citada pelo MP.

 

Saiba mais: Ex-diretor da Siemens envolve seis políticos com cartel

Autor: Tags: , , , ,