Publicidade

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 Eleições | 06:00

Sem marqueteiro, time de Aécio fala em ‘despersonalizar’ comunicação

Compartilhe: Twitter
Aécio Neves (Foto: Dida Sampaio/AE)

Aécio Neves (Foto: Dida Sampaio/AE)

Depois de entrar água na relação entre o PSDB do senador Aécio Neves (MG) e o marqueteiro Renato Pereira, aliados do presidenciável tucano agora investem na tese de que o melhor é “despersonalizar” a comunicação da campanha. Ou seja, não deixar o marketing eleitoral centralizado num único profissional.

Leia mais: Tasso e Aloysio lideram apostas para coordenar campanha presidencial de Aécio

Aécio já ouviu sugestões para conversar com Luiz Gonzalez, que tem os tucanos como clientes há várias eleições, e até mesmo com Duda Mendonça. O primeiro enfrenta resistências no próprio PSDB, intensificadas pela derrota de José Serra na corrida de 2010. E o segundo já fechou com o peemedebista Paulo Skaf em São Paulo, o que por si só é tido por tucanos como motivo de descarte.

Por enquanto, a única coisa certa é que a irmã de Aécio, Andrea Neves, terá papel fundamental nacomunicação social da campanha. A escolha já era mais do que esperada, já que a irmã do senador já costuma participar ativamente da tomada de decisões nessa área. Isso sempre pautou o “modelo mineiro”, dizem aliados do senador.

Veja também: Vice de Aécio só sai aos 45 do segundo tempo

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.