Publicidade

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014 Partidos | 07:30

PT estuda punir filiados que ainda não deixaram o governo de Pernambuco

Compartilhe: Twitter

Embora o PT tenha anunciado em outubro a saída do governo do socialista Eduardo Campos em Pernambuco, muitos petistas ainda continuam em seus cargos tanto no governo do estado quanto na prefeitura do Recife, comandada por Geraldo Júlio (PSB).

Leia também: PT de Pernambuco diz que não aceita imposições

O PT ainda não fez o balanço total de quantos filiados ainda não aderiram à decisão. Estima-se que cerca de 12 só no governo do estado. No Recife, o secretário municipal de Habitação, Eduardo Granja, é um dos exemplos.

No dia 3 de fevereiro, a executiva estadual do partido se reunirá para tratar do assunto. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, já avisou que os petistas devem deixar seus cargos rapidamente ou poderão ser punidos. O estatuto petista prevê advertência, suspensão e mesmo a expulsão para casos como esse.

 

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.