Publicidade

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 Justiça | 12:00

Proteção contra protestos vai custar R$ 200 mil ao STF

Compartilhe: Twitter

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai gastar aproximadamente R$ 200 mil este ano para isolar o prédio principal da Corte. O procedimento licitatório para o aluguel de “alambrados disciplinadores” está marcado para acontecer na quinta-feira desta semana.

Até o inicio do julgamento da Ação Penal 470, o mensalão, cercas para proteger o prédio principal do Supremo eram utilizadas apenas durante julgamentos com grande repercussão. Mas depois do julgamento do mensalão, a proteção contra protestos passou a ser definitiva.

No edital licitatório, o Supremo estima gastar até R$ 206,2 mil no aluguel de 1.650 módulos de grades de alambrado de 2,5 metros de comprimento, altura de 1,2 metros e peso mínimo de 15 quilos cada. Além de cercar o Supremo contra protestos, os alambrados também podem ser utilizados em eventos da Corte em cidades satélites de Brasília.

Autor: Tags: , ,