Publicidade

terça-feira, 11 de março de 2014 Justiça | 20:27

Deputada entra com representação contra jornalista do SBT

Compartilhe: Twitter

A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) entrou com representação na procuradoria-geral da República contra a jornalista Rachel Scherazade.

Na representação, Jandira cita o episódio do jovem amarrado ao um poste ao dizer que Rachel “defendeu publicamente, no programa de televisão que apresenta, a ação dos agressores, que, sem provas ou indícios de crime, humilharam e torturaram aquele jovem, argumentando que tal atitude seria justificada”.

Segundo o documento, Rachel “e o SBT incorreram no crime de apologia e incitamento ao crime, à tortura e ao linchamento, tipificado no art. 287” do Código penal.

Jandira pede na representação, entre outras coisas, “a suspensão do repasse de verbas oficiais ao Sistema brasileiro de Comunicações enquanto perdurar o inquérito e a respectiva persecução penal, e que ela comine, em caso de condenação, pena administrativa de vedação de tais repasses, bem como a análise da própria concessão, por inidoneidade daquela empresa concessionária de serviço público”.

Autor: Tags: , ,