Publicidade

sexta-feira, 21 de março de 2014 Eleições | 15:00

Juiz mantém condenação de Arruda por partida de futebol sem licitação

Compartilhe: Twitter
Defesa do ex-governador José Roberto Arruda (PR-DF) ainda vai recorrer (foto: Agência Brasil)

Defesa do ex-governador José Roberto Arruda (PR-DF) ainda vai recorrer (foto: Agência Brasil)

Em decisão publicada nesta sexta-feira, o juiz Lizandro Garcia Gomes Filho, da 1ª vara da Fazenda Pública do DF, rejeitou os recursos apresentados pela defesa do ex-governador José Roberto Arruda (PR-DF) – que é pré-candidato ao governo do DF, em aliança com Liliane Roriz (PRTB).

Leia mais: PDT está de olho no apoio de evangélicos para compor candidatura ao DF

Arruda – que já renunciou para não perder o mandato quando senador – é acusado de improbidade administrativa por realizar sem licitação contratação pelo valor de R$ 9 milhões de um amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008.

Na decisão, o juiz afirma que “não há respaldo para as dúvidas” da defesa, acerca da condenação inicial. Agora, advogados decidirão se entram com novos embargos declaratórios ou passam para apelação em segunda instância.

“Ainda vamos fazer uma leitura da decisão e, a não ser que entendamos que algum ponto ficou omisso e que sejam necessários novos embargos, vamos entrar com recurso de apelação ao Tribunal”, explicou o advogado Edson Smaniotto.

O prazo para entrar com novos embargos declaratórios é de cinco dias, a partir desta sexta-feira. Já para recursos de apelação, o prazo é de 30 dias.

Atualizada às 18h14

Autor: Tags: , , , , , , , ,