Publicidade

quinta-feira, 27 de março de 2014 Congresso | 08:00

A pedido de FHC, relator adia decisão sobre Lei de Drogas

Compartilhe: Twitter
Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (Foto: Valéria Gonçalves/AE)

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (Foto: Valéria Gonçalves/AE)

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) solicitou o adiamento da votação da Lei de Drogas, prevista para a última quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Relator do projeto, ele afirmou precisar de mais tempo para elaborar o parecer, especialmente após ter recebido sugestões do ex-presidente da república Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Na mensagem, o ex-presidente recomenda o adiamento da votação sobre o PLC 37/2013, para que os senadores possam se aprofundar sobre o tema, de forma  que “o ano eleitoral não deixe que o debate seja polarizado”.

No material produzido em parceria com a ONG Igarapé, FHC sugere não apenas a descriminalização das drogas, como também a ampliação da quantidade necessária de substâncias ilícitas apreendidas para enquadrar alguém como traficante em vez de usuário.

Além disso, apresenta ressalvas sobre o acesso prioritário das comunidades terapêuticas ao SUS. “Temos todas as evidências científicas para caminhar na direção de uma política de drogas mais humana e mais eficaz”, defendeu o ex-presidente.

Autor: Tags: , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.