Publicidade

segunda-feira, 31 de março de 2014 Política | 12:54

‘Sem um processo de Justiça, a ditadura vai permanecer conosco’, diz pai de Padilha

Compartilhe: Twitter

O pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, participou do ato pelos 50 anos do golpe militar ao lado pai, Anivaldo Padilha, que foi preso, torturado e e exilado durante a ditadura.

Anivaldo criticou a interpretação dada pelo Supremo Tribunal Federal à Lei da Anistia. “Se não estabelecermos um processo de Justiça no Brasil, a ditadura vai permanecer conosco”, afirmou.

Leia também: Pai de ministro narra a dor de viver longe do filho durante a ditadura

O pai do ex-ministro também afirmou que vai participar da campanha do filho após o término de seu trabalho de colaboração com as investigações comandadas pela Comissão da Verdade.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,