Publicidade

segunda-feira, 7 de abril de 2014 Congresso | 19:57

PCdoB tenta conseguir apoio para barrar PEC da Reforma Política

Compartilhe: Twitter

A convite da deputada federal e líder do PCdoB na Câmara, Jandira Feghali (RJ), líderes de diversos partidos da base e da oposição ao governo fecharam um acordo para impedir a votação da PEC da Reforma Política, de autoria do deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP).

Leia também:  ‘Necessidade de votar a reforma política é 100% consenso’, diz Vaccarezza
Em almoço, líderes decidem barrar votação sobre PEC da Reforma Política. (Foto: Divulgação)

Os líderes do DEM, PDT, PSD, PR, Psol, PSC, PTdoB, PTB, PRB concordaram em barrar a PEC 352/2013, no Plenário da Câmara. O encaminhamento é criar uma comissão especial que centralize a discussão sobre a PEC e o PL 6316/2013 – que tem o apoio da “Coalizão Democrática pela Reforma Política e Eleições Limpas”, integrada pela OAB e CNBB.

Os motivos para barrar a proposta variam desde os que são contra o modelo de financiamento privado, como o próprio PCdoB, até os que querem evitar a possibilidade do voto facultativo, como DEM e PSC.

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.