Publicidade

quarta-feira, 30 de abril de 2014 Eleições | 07:00

Depois de fechar com PT, PMDB mineiro sai à caça de infiéis

Compartilhe: Twitter

O PMDB de Minas Gerais -que oficializou apoio ao PT nesta semana- está agora à caça de infiéis.

O presidente do diretório estadual, deputado Antônio Andrade (PMDB-MG), acusa o governador Alberto Pinto Coelho (PP) de segurar liberação de recursos para os municípios para “aliciar” prefeitos.

Uma ala do PMDB era contrária a aliança com o PT e defendia apoio ao PSDB, da base de Coelho. Esse grupo diz que o apoio aos petistas foi dado sem dialogar com a base da sigla. Para o deputado Saraiva Felipe (PMDB-MG), será preciso, agora, fazer um trabalho de convencimento dos prefeitos que já trabalhavam pelo governo tucano.

Leia também: Dirigente do PMDB mineiro descarta aliança com PSDB

Autor: Tags: , , ,