Publicidade

quarta-feira, 30 de abril de 2014 Partidos | 18:00

PT vai reivindicar presidência da CPI dos pedágios da Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O PT promete fazer barulho na próxima terça-feira durante a escolha do presidente e vice-presidente da CPI dos pedágios da Assembleia Legislativa de São Paulo. A base do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) tem sete das nove cadeiras da comissão e deve indicar o ex-secretário estadual de Meio Ambiente Bruno Covas para a presidência.

No entanto, apesar do regimento da Casa não versar sobre o assunto, é costume que o autor do requerimento para formação da CPI seja nomeado para a presidência -no caso, o deputado petista Antonio Mentor.

“Desconheço qualquer acordo para essa nomeação. Não é uma regra, não é uma norma, não há dispositivo regimental, mas há uma tradição em respeito a quem tomou a iniciativa já que requerimento pra ser regularizado dá trabalho. Foi uma guerra para conseguir assinaturas. Vamos reivindicar que essa prática que é comum na Casa se mantenha. Eu sei do grau de dificuldade porque é uma questão delicada do governo”, afirma Mentor.

Leia também: PT tenta responsabilizar Alckmin por crise da água

 

Autor: Tags: , , , , , ,