Publicidade

sábado, 3 de maio de 2014 Brasil | 07:00

Onda de ocupações do MST vai até 10 de maio

Compartilhe: Twitter
Ocupação do MST, em Pernambuco. (Foto: Ramiro Olivier / MST)

Ocupação do MST, realizada em 29 de abril, em Pernambuco. (Foto: Ramiro Olivier / MST)

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra está realizando uma série de ocupações e protestos, que devem durar até o dia 10 de maio – quando se encerra a chamada Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, realizada anualmente.

Leia também: MST busca título mundial de ocupações de latifúndios

Desde o dia 28 de abril, mais de 20 ocupações de terra e de 15 prédios públicos foram realizados, em estados como Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Sergipe, Ceará, Maranhão e Paraná.

A relação entre o movimento e o governo não andam nada fáceis. Em fevereiro, o coordenador nacional do MST João Pedro Stédile chegou a dizer – para mais de 15 mil integrantes do movimento – que o governo Dilma “foi bundão na reforma agrária”.

Autor: Tags: , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.