Publicidade

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Internacional | 18:39

Estudantes venezuelanos são convidados a denunciar regime de Maduro no Congresso

Compartilhe: Twitter
Estudantes venezuelanos de oposição, no Congresso Nacional. (Foto: ASCOM PSC Nacional)

Estudantes venezuelanos de oposição, no Congresso Nacional. (Foto: ASCOM PSC Nacional)

Três lideranças estudantis de oposição ao governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, foram convidados para apresentar ao Congresso Nacional denúncias sobre repressão aos movimentos sociais no país.

“Os meios de comunicação venezuelanos não divulgam o que está acontecendo, só os meios internacionais é que cobrem. Por isso viemos aqui”, afirmou Eusébio Costa, um dos estudantes.

O grupo garantiu que não faz parte de nenhuma organização política específica e se definiu apenas como militantes estudantis autônomos. Todos, porém, se identificaram como cristãos e levavam crucifixos no pescoço.

A agenda organizada pelo Pastor Everaldo, pré-candidato do PSC à presidência, incluiu reunião com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e participação nas sessões das comissões de Direitos Humanos e de Relações Exteriores, além do Plenário das duas casas.

À noite, serão ainda recebidos pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e pelos líderes do DEM e do PSC na Câmara, Mendonça Filho (DEM-PE) e André Moura (PSC-SE). Em seguida, voltam para São Paulo, onde se encontrarão com estudantes da Faculdade de Direito da USP.

Autor: Tags: , , , , , ,