Publicidade

quinta-feira, 8 de maio de 2014 Governo | 18:00

Desprestigiada na articulação, Ideli desencalha Conselho de Direitos Humanos

Compartilhe: Twitter

Recém-nomeada na pasta de Direitos Humanos, a ministra Ideli Salvatti conseguiu, na articulação com líderes da Câmara, desencalhar a criação do Conselho Nacional de Direitos Humanos.  O órgão teve sua saída do papel aprovada na última terça-feira (6), depois de quase uma década parado.

Ideli Salvatti (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

Ideli Salvatti (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)

Ideli deixou a Secretaria de Relações Institucionais com o moral baixo. Enfrentou frequentes críticas de boa parte dos parlamentares, inclusive os do PT, pelos problemas nas relações entre governo e Congresso.

O projeto de criação do conselho é do Poder Executivo e foi enviado ao Congresso em 1994, pelo então presidente Itamar Franco.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também tentou aprová-lo em seu primeiro mandato, mas desistiu diante da resistência da oposição. Na ocasião, a proposta chegou a ser objeto de disputa política entre Lula e o então líder da Minoria, José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Ideli será a primeira presidente do Conselho que é uma exigência das Organizações das Nações Unidas (ONU) para os países membros.

Autor: Tags: ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.