Publicidade

quinta-feira, 15 de maio de 2014 Congresso | 10:30

Bancada feminina se articula contra ofensiva evangélica

Compartilhe: Twitter

Representantes da bancada feminina e do movimento feminista se articularam, na última quarta-feira, para conter a ofensiva evangélica que pretendia reacender o debate sobre a chamada “cura gay” e o Estatuto do Nascituro, na Câmara dos Deputados.

Leia mais: Evangélicos se uniram para resgatar cura gay

Na Comissão de Direitos Humanos, as deputadas conseguiram barrar o requerimento do deputado Henrique Afonso (PV-AC) para realização de audiência pública sobre a “cura gay” e estão se articulando junto à bancada do PSB para garantir o arquivamento da proposta apresentada pelo Pastor Eurico (PSB-SE).

Além disso, por iniciativa das deputadas Jô Moraes (PCdoB-MG), Janete Pietá (PT-SP), Érika Kokay (PT-DF) e Iara Bernardi (PT-SP), o presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Vicente Cândido (PT-SP), se reuniu com o movimento e se comprometeu a não pautar o projeto do Estatuto do Nascituro, na comissão.

Assista:

Autor: Tags: , , , , , ,