Publicidade

quinta-feira, 15 de maio de 2014 Internacional | 20:55

MST se oferece para abrigar Julian Assange em assentamento

Compartilhe: Twitter
Fundador do Wikileaks, Julian Assange. (Foto: Divulgação)

Fundador do Wikileaks, Julian Assange. (Foto: Divulgação)

Em reunião com o fundador do Wikileaks, Julian Assange, o MST se ofereceu para dar asilo ao ativista em um assentamento no Brasil. Falta, porém, convencer a presidente Dilma Rousseff.

A oferta bem-humorada foi feita pouco mais de um mês antes de Assange completar dois anos de asilado na Embaixada do Equador em Londres.

“Caso precise de um asilo no Brasil, oferecemos os nossos assentamentos”, afirmou o dirigente nacional do MST João Paulo Rodrigues que, em resposta, recebeu um abraço de Assange.

A informação foi divulgada na página oficial do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, após a reunião realizada nesta quinta-feira. Se o apoio com o asilo pode esperar, o MST já se comprometeu a divulgar um abaixo-assinado para pressionar o Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU sobre o caso.

 

 

 

 

Autor: Tags: , , ,