Publicidade

quinta-feira, 12 de junho de 2014 Copa 2014 | 13:30

Não vai ter Copa para os ministros da Casa Civil e da Justiça

Compartilhe: Twitter

O bordão “não vai ter Copa” tem sido usado no Palácio do Planalto com uma conotação distinta dos manifestantes. Alguns ministros mais próximos da presidente Dilma Rousseff não devem fazer muito além de trabalhar. Nesta quinta-feira, por exemplo, enquanto Dilma participa da festa de abertura, em São Paulo, dois de seus auxiliares de primeira hora estão em stand by, encarregados de monitorar tudo que ocorre no país.

O chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, se ocuparão do Comitê Executivo de Segurança Integrada (Cesi), instância encarregada de monitorar e comunicar à presidente qualquer tipo de situação crítica, como ataques terroristas, por exemplo.

Só a presidente tem a competência para autorizar o uso do contingente de militares que estão de prontidão nos quartéis para agir em casos extremos. Além da Casa Civil e do Ministério da Justiça, também faz parte do comitê o general José Elito, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

Autor: Tags: , , ,