Publicidade

quarta-feira, 18 de junho de 2014 Congresso | 16:39

Por causa de assalto, Francischini também falta a reunião da CPMI da Petrobras

Compartilhe: Twitter
Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) - Foto: divulgação

Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) – Foto: divulgação

Nem mesmo o deputado Fernando Francischini (SDD-PR), sempre muito participativo quando o assunto é Petrobras, veio a Brasília para a reunião da CPMI – que não ocorreu por falta de quórum. O deputado decidiu ficar em Curitiba com a família, que foi vítima de um assalto violento na última semana.

“Seria desumano deixar minha família num momento como esses”, afirmou o deputado, que também é delegado da Polícia Federal. “Estamos aqui, tentando achar uma casa nova, indo em psicólogos, todos ficaram em pânico.”

A família de Francischini – inclusive a caçula de quatro anos, com autismo – foi amarrada com cadarços pelos assaltantes, que conseguiram entrar na casa do deputado após fazerem um buraco no muro do condomínio.

Autor: Tags: , ,