Publicidade

segunda-feira, 23 de junho de 2014 Congresso | 13:59

Autos de resistência e lei das domésticas podem ficar para 2015

Compartilhe: Twitter

Após a aprovação e sanção das cotas raciais no serviço público, nem mesmo os deputados governistas vislumbram a possibilidade de votação de outros projetos considerados estratégicos para movimentos sociais, como a proposta que acaba com os autos de resistência e a regulamentação da Lei das Domésticas.

Os mais otimistas ainda cogitam a votação após as eleições, mas já se fala até mesmo em só tirar esses assuntos da gaveta no ano que vem. “São temas delicados que exigem um consenso. Estamos trabalhando para isso, mas a votação depende desse consenso”, afirmou o líder do PT na Câmara, Vicentinho (PT-SP).

Leia mais: ‘Não é tão fácil assim combater o racismo’, afirma ministra da Igualdade Racial

 

Autor: Tags: , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.