Publicidade

sexta-feira, 27 de junho de 2014 Eleições | 12:00

Em tempos de renovação, Minas ficou com veteranos

Compartilhe: Twitter
Tarcísio Delgado (Foto: Divulgação)

Tarcísio Delgado (Foto: Divulgação)

No momento em que os principais partidos políticos buscam uma renovação de seus quadros nos principais colégios eleitorais, a notícia de que o PSB escolheu o ex-deputado Tarcísio Delgado, de 78 anos, como candidato em Minas Gerais amarrou de vez o cenário de uma disputa de veteranos no estado.

Delgado, que é pai do deputado Júlio Delgado, até então cotado para corrida estadual, entra na corrida com a tarefa de assegurar um palanque mínimo para o socialista Eduardo Campos no estado, num esforço para se viabilizar diante das duas candidaturas que hoje lideram a cena local: Fernando Pimentel e Pimenta da Veiga. O petista tem 63 anos e o tucano, 66.

A previsão feita pelo PSB é a de que há terreno, num quadro mais otimista, para alcançar algo em torno de 10% dos votos. Assim como Júlio, Tarcísio Delgado tem boa relação com o PSDB do presidenciável tucano Aécio Neves. Por isso o socialista é tido na campanha petista como uma potencial linha auxiliar dos tucanos na eleição.

 

 

 

 

Autor: Tags: , , , , , ,