Publicidade

terça-feira, 18 de novembro de 2014 Partidos | 07:30

Jean Wyllys defende ‘Sexo e as negas’ e provoca reação no próprio partido

Compartilhe: Twitter

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) causou polêmica dentro do próprio partido ao defender publicamente a minissérie “Sexo e as negas”, transmitida pela Rede Globo. Em setembro, o programa foi alvo de denúncias por racismo, à Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência, e desde então tem sido boicotado por movimentos de mulheres e negros.

“O Miguel Falabella, nessa série, denuncia o racismo”, diz o deputado, no vídeo divulgado. De acordo com Wyllys, as pessoas foram “pouco generosas” com o diretor, “que sempre deu oportunidade para os atores negros”. “Miguel Falabella é um cara que está longe, muito longe mesmo, de ser um racista”, defende.

O apoio de Wyllys foi mal recebido por diversos militantes do PSOL, que pedem uma retratação pública e estudam levar o caso às instâncias formais do partido. “A postura do Jean invisibiliza todo o debate histórico das mulheres negras do partido. Ele é um deputado que tem projetos importantes, é um aliado, mas nesse caso era melhor ter ficado calado. Os parlamentares precisam lembrar do protagonismo dos movimentos”, criticou Luka Franca, militante do PSOL de São Paulo.

Assista ao vídeo de Jean Wyllys:

Autor: Tags: ,