Publicidade

terça-feira, 2 de dezembro de 2014 Congresso | 21:35

Sob tumulto, Congresso adia votação de nova meta fiscal

Compartilhe: Twitter

Diante da recusa de um grupo de cerca de 26 manifestantes de deixar as galerias da Câmara dos Deputados, o presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu suspender a sessão em que deveria ser votado o projeto que altera a meta do superávit primário de 2014, enviado pelo Planalto. A orientação do governo era votar a iniciativa ainda hoje.

Leia também: Governo faz ofensiva para aprovar flexibilização da meta fiscal

A decisão de evacuar as galerias partiu de um pedido da senadora Jandira Feghali (PCdoB-RJ), após escutar parte dos manifestantes xingarem a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) de “vagabunda”. O grupo, entretanto, se defendeu afirmando que os gritos na realidade diziam “Vai pra Cuba”. O tumulto durou mais de uma hora, até que Calheiros decidiu suspender a sessão até amanhã de manhã – criticando ainda o fato de parte do grupo ser composta por funcionários da Casa.

Assista a um trecho da manifestação:

Autor: Tags: , , , , , , ,