Publicidade

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 Governo | 20:18

Molon pode ir para a Secom e Amorim pode reassumir Itamaraty

Compartilhe: Twitter

Diante da expectativa pela confirmação dos demais nomes que vão integrar o novo ministério da presidente Dilma Rousseff, crescem as especulações sobre pastas como a Secretaria de Comunicação Social, cuja incorporação ao Ministério das Comunicações chegou a ser cogitada. Neste momento, a versão tida como mais provável é a manutenção da atual estrutura da secretaria, que controla verbas de publicidade do governo. O mais cotado para o posto é o deputado Alessandro Molon (PT-RJ).

O deputado Alessandro Molon, cotado para a Secom (Foto: Divulgação)

O deputado Alessandro Molon, cotado para a Secom (Foto: Divulgação)

Outra informação que circula é a possibilidade de o ministro da Defesa, Celso Amorim, retornar ao Itamaraty. Amorim, que tem boa relação com a presidente Dilma Rousseff e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai entregar seu cargo atual ao governador da Bahia, Jaques Wagner.

Espera-se também que Dilma confirme a permanência de vários ministros, entre os quais Aloizio Mercadante (Casa Civil), Ideli Salvatti (Direitos Humanos), Eleonora Menicucci (Mulheres), José Eduardo Cardozo (Justiça), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Tereza Campello (Desenvolvimento Social), Arthur Chioro (Saúde), Manoel Dias (Trabalho), José Elito (GSI), Guilherme Afif (Micro e Pequena Empresa), além de indicar Juca Ferreira (Cultura).

Mas o desenho final ainda pode mudar, já que Dilma concluirá todos os ajustes na nova Esplanada até o dia 31.

 

Autor: Tags: , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.