Publicidade

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015 Congresso | 18:56

Adversários em 2013, deputados cogitam articulação conjunta por Conselho de Ética

Compartilhe: Twitter

Adversários durante a disputa da presidência do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados em 2013, Ricardo Izar (PSD-SP) e Marcos Rogério (PDT-RO) não descartam atuação conjunta em 2015.

Izar tem dito a aliados que não descarta apoiar o nome de Rogério para substitui-lo este ano. Em 2013, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) viu seu acordo com o PDT virar fumaça depois de articulação feita por Izar para tirar do partido a presidência do conselho, cujo beneficiado seria Rogério.

O tempo passou e os dois adversários acabaram se aproximando de forma que já não descartam apoio mútuo na escolha deste ano.

Izar não descarta concorrer novamente, mas alguns de seus colegas acreditam que se Eduardo Cunha (PMDB-RJ) for eleito presidente da Casa, dificilmente o paulista conseguiria se reeleger. Daí o apoio a Rogério passou a ser alternativa.

Autor: Tags: , , , , ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.