Publicidade

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 Congresso | 19:31

Deputado diz que se lembrou de morte de Campos em pouso forçado

Compartilhe: Twitter
Deputado Júlio Delgado (Foto: Agência Câmara)

Deputado Júlio Delgado (Foto: Agência Câmara)

Vítima de um pouso forçado no Rio Grande do Sul nesta manhã, o deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) disse que a lembrança do acidente que levou à morte do ex-governador Eduardo Campos (PSB-PE) foi inevitável.  “É claro que isso sempre vem à tona, mas isso só nos dá força para seguir caminhando”, afirmou.

Leia também: ‘O medo deles é que eu vá pro 2º turno’, diz Júlio Delgado sobre presidência da Câmara

O socialista disse ainda que que situações como essa fazem parte de seu cotidiano. “Fico preso à malha aérea brasileira como todo cidadão. As pessoas acham que deputados não passam por isso, que não pegam fila e só andam de jatinho, mas não é verdade.”

“Alguns fazem isso, mas eu sou deputado, candidato à presidência da Câmara e também enfrento essas condições”, disse o socialista, em referência a seus adversários na disputa pela presidência da Câmara Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que contrataram jatos particulares para rodar o país na campanha.

Autor: Tags: , , , , ,