Publicidade

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 Congresso | 09:30

Presidente da Câmara poderá manobrar somente 13% do orçamento

Compartilhe: Twitter

Apesar das cifras envolvidas quando o assunto é o Orçamento da Câmara dos Deputados fazerem inveja a muito município brasileiro, o presidente da Casa tem pouca margem de manobra.

Segundo a LOA 2015, a previsão de orçamento da Câmara é de R$ 5,076 bilhões, segundo proposta enviada pelo Executivo. Apesar de ter sofrido alterações no Congresso, essas mudanças ainda não foram votadas.

Só que a maior parte desse montante, R$ 3,8 bilhões, diz respeito a despesas primárias obrigatórias, que inclui, por exemplo, pagamento do funcionalismo da Casa.

A parte que poderia ser manipulada pelo presidente da Casa se resume as chamadas despesas primárias discricionárias, que totalizam R$ 707 milhões, equivalente a 13,9% do valor total.

Autor: Tags: