Publicidade

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 Congresso | 09:00

PSDB é cada vez mais Eduardo Cunha

Compartilhe: Twitter
Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

Ninguém no PSDB duvida mais que a traição vai ser grande na eleição para a presidência da Câmara, no próximo fim de semana. Se não caminhar para a maioria, ficará perto disso, diz um deputado que participa de perto das negociações.

Muito tucano tem dito que ficou incomodado com o fato de o senador mineiro Aécio Neves (PSDB-MG), presidente do partido, ter prometido o apoio ao socialista Júlio Delgado (PSB-MG)  sem sequer fazer uma consulta aos deputados que estão de chegada para a nova legislatura. Até alguns quadros próximos do senador souberam da decisão quando ela já estava tomada.

Também tem peixe grande discordando da posição. O que circula no PSDB é que o senador eleito Tasso Jereissati (CE), por exemplo, acha que os colegas da Câmara deveriam mesmo ir de Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Já o também senador José Serra (PSDB-SP) tem dito aos mais próximos que prefere o modelo atual. Por um motivo só: simplesmente não gosta do peemedebista.

Autor: Tags: , , ,