Publicidade

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 Congresso | 16:30

Oposição faz fila para emplacar CPIs no Congresso

Compartilhe: Twitter
O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PPS-PR). Foto: Divulgação

O líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PPS-PR). Foto: Divulgação

Para marcar o início da nova legislatura, parlamentares de siglas como PSDB, DEM, PPS, PV, PSB e Solidariedade pretendem protocolar até o final do dia o pedido para a abertura de cinco Comissões Parlamentares de Inquérito contra o governo, na Câmara dos Deputados. O grupo também se articula com senadores para abrir uma nova comissão de investigação mista sobre a Petrobras.

“É algo que estamos articulando desde o encerramento das atividades da CPMI da Petrobras, no ano passado. Não podemos deixar esse vazio”, diz o líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PR). A ideia é emplacar uma nova CPI da Petrobras, bem como investigações sobre supostas irregularidades envolvendo o BNDES, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, a gestão dos fundos de pensão e do setor elétrico.

Enquanto parte dos assessores corre atrás das 171 assinaturas necessárias para encaminhar o pedido na Câmara, a outra guarda o lugar na fila do Protocolo, para não correr o risco de perder a vez para algum governista. Pelo regimento da Casa, apenas cinco CPIs podem funcionar simultaneamente. A reabertura de investigações sobre o esquema de corrupção na Petrobras, aliás, foi uma das principais promessas de campanha do novo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Autor: Tags: , , , , , , , , ,