Publicidade

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015 Congresso | 10:30

‘Quem tiver esperando um papel oposicionista em Cunha não vai encontrar’, diz peemedebista

Compartilhe: Twitter

Após a vitória de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara, parte dos peemedebistas têm buscado adotar um tom mais conciliatório com o governo. Um dos que agora reforça o discurso de “diálogo” é o baiano Lúcio Vieira Lima, que integrou a coordenação de campanha de Cunha e atualmente disputa a liderança do PMDB na Câmara.

“Quem tiver esperando um papel oposicionista em Cunha não vai encontrar. Da mesma forma que não vai encontrar um papel de subserviência. Representa novos tempos, tempos de diálogo. Ele terá a responsabilidade de garantir a governabilidade”, diz Lima.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,