Publicidade

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Internacional | 12:15

Governo torce por extradição de Pizzolato, mas considera julgamento imprevisível

Compartilhe: Twitter
Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

Henrique Pizzolato (Foto: Antonio Cruz/Abr)

O Planalto tem esperanças de conseguir a extradição do ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, cujo caso será analisado nesta quarta-feira na Corte de Cassação de Roma. Mas a decisão que será tomada pela Justiça italiana, diz o ministro da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, é imprevisível.

A defesa de Pizzolato conseguiu manter o réu do mensalão em solo italiano até agora, ao apontar a precariedade das condições precárias do sistema prisional brasileiro. Uma preocupação em relação ao julgamento de hoje é que uma vitória de Pizzolato possa dificultar todos os pedidos de extradição futuros feitos pelo Brasil.

 

Autor: Tags: , , ,