Publicidade

quarta-feira, 11 de março de 2015 Congresso | 14:00

PT e PCdoB boicotam eleição da bancada feminina

Compartilhe: Twitter

As deputadas PT e do PCdoB decidiram não participar da votação que definiu, hoje, a coordenadora da bancada feminina e a procuradora da Mulher, na Câmara.

Como antecipado pelo Poder Online, um acordo entre a maioria da bancada e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deixou à frente da coordenação a mineira Dâmina Pereira (PMN) e na procuradoria a paraense Elcione Barbalho (PMDB).

Pelos parâmetros estabelecidos por Cunha, o bloco integrado por PT, PCdoB e PRB não teria direito a disputar nenhum dos cargos principais. A decisão do presidente foi vista como uma “interferência na autonomia das mulheres”, o que motivou o boicote.

“Sempre as mulheres decidiram quem iria nos representar e hoje essa autonomia foi restringida. Em função do resgate desta autonomia, nós não estaremos votando, nem indicando ninguém”, diz a petista Moema Gramacho (BA).

Assista:

Autor: Tags: , , , , , ,