Publicidade

quinta-feira, 30 de abril de 2015 Congresso | 12:30

“PMDB não pode substituir o PT naquilo que o PT tem de pior que é o aparelhamento”, diz Renan

Compartilhe: Twitter

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), bateu firme no PT ao comentar sua proposta de construção de um pacto em defesa do emprego.

Renan disse que pretende debater sugestões para levar à presidente, inclusive com uma sessão temática a se realizar na próxima terça-feira. “O governo não tem agenda, não tem iniciativa, há um vazio evidente que fragiliza o governo”, disparou ele, reforçando que refere-se aos três poderes, e não apenas ao Executivo.

Renan subiu o tom crítico ao comentar a articulação política, agora a cabo do vice-presidente Michel Temer. Em tom sugestivo, o presidente do Senado mandou recado sem poupar o partido da presidente.

“O PMDB não pode transformar a coordenação política em uma coordenação de RH, para distribuir cargos e boquinhas”, disse Renan. “PMDB não pode substituir o PT naquilo que o PT tem de pior que é o aparelhamento”, acrescentou ele.

Assista:

Autor: Tags: , , ,