Publicidade

terça-feira, 5 de maio de 2015 Partidos | 10:59

Mesmo dividido, PT deve insistir em cobrar mandato de Marta

Compartilhe: Twitter

Uma ala do PT vem defendendo internamente que o partido desista de reivindicar o mandato da senadora Marta Suplicy. O argumento colocado é que, mesmo no caso de uma vitória judicial em favor da legenda, Marta sairia “vitimizada” da briga. O presidente do PT paulista, Emidio de Souza, já avisou que discorda da avaliação. Pretende seguir até o fim na briga com a senadora.

Marta Suplicy (Foto: Divulgação)

Marta Suplicy (Foto: Divulgação)

O plano é tentar dar o cargo de Marta para Paulo Frateschi, sob entendimento de que o mandato pertence ao partido e não à chapa encabeçada por Marta. Isso porque o primeiro suplente é Antonio Carlos Rodrigues, do PR. Frateschi é segundo na sucessão.

Autor: Tags: , , , , ,