Publicidade

quarta-feira, 4 de novembro de 2015 Partidos | 17:00

PSDB culpa o “sistema eleitoral” por não conseguir identificar fraude contra Dilma

Compartilhe: Twitter
Líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio

Líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio

O PSDB, legenda que questionou o resultado das eleições no ano passado, convocou uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (4) para informar que não conseguiu constatar fraudes no pleito que deu a vitória à presidente Dilma Rousseff no ano passado. O líder do partido na Câmara, Carlos Sampaio (SP), portador da notícia, recorreu a malabarismos de retórica para explicar que não deu para contestar o resultado, apesar dos esforços do partido.

“Foi muito importante porque ficou muito claro para todos nós que de fato não é possível dizer se o sistema foi ou não fraudado”, disse o deputado, que foi assessor jurídico da campanha de Aécio Neves. “Nós não temos elementos para afirmar que não houve fraude”.

O documento divulgado pela legenda, informa que “se não foi possível concluir que houve fraude nas eleições, isso não decorreu do reconhecimento de que o sistema eleitoral brasileiro é inviolável”.

 

 

Autor: Tags: , , , ,