Publicidade

Arquivo do Autor

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012 Brasil | 15:02

Gabrielli sai da Petrobras sem medalha

Compartilhe: Twitter

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, entrou para a história: sai do cargo sem levar a Medalha Tiradentes, da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Pelo menos até agora.

Autor: Tags: , , ,

Economia | 12:18

PT X PSDB, em números oficiais

Compartilhe: Twitter

O Ipea divulga amanhã a versão paulista da série de estudos A situação social nos estados. Sserá possível comparar, portanto, a quantas andam os avanços de São Paulo na era Serra-Alckmin em relação à média nacional no período Lula-Dilma.

Os dados da série incluem, entre outros, a renda domiciliar per capita, o combate à mortalidade infantil, as taxas de homicídio e a remuneração do trabalho.

Autor: Tags: , , , ,

Eleições | 06:02

Lula: “O PT precisa aprender a dividir mais”

Compartilhe: Twitter

Lula com o médico João Luis Fernandes: tratamento e política (Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

Vários assessores do ex-presidente Lula, no fim de seu governo, garantiram que a retomada do trabalho no instituto rebatizado com seu nome teria como foco as questões nobres, como o combate à fome na África. Em um ano, pouco se soube da atuação de Lula neste campo.

Poder Online conversou com muitos interlocutores do ex-presidente neste período. Com todos, a conversa de Lula era, em rápidas palavras, sobre seu tratamento de saúde e, em prosa detalhada, a candidatura de Fernando Haddad.

Nenhuma palavra sobre a África.

No amplo mosaico de interlocutores, percebe-se, com clareza, que, por Lula, a reforma ministerial de Dilma Rousseff deveria atender a alguns interesses partidários da eleição de 2012 na capital paulista.

No entanto, pelo menos até agora, esbarrou numa certa resistência de Dilma (que ainda está para ser confirmada com as próximas mudanças no ministério) e, sobretudo, no PT que recusa abrir mão de espaço político para os potenciais aliados de Haddad:

– O PT precisa  aprender a dividir mais – disse o ex-presidente a um dos interlocutores ao ouvir reclamações sobre espaço no governo federal.

Não se sabe, é claro, se a frase faz parte da estratégia de Lula de demonstrar solidariedade ao aliado choroso, mas a ter em conta o Lula de 2010, que fez o PT sair das disputas estaduais em boa parte do país, o desabafo soa verdadeiro.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012 Estados | 18:19

Ciro Gomes chama policiais militares do CE de “marginais fardados”

Compartilhe: Twitter

Em meio à crise na área de Segurança no Ceará, com greve da Polícia Militar, o ex-deputado Ciro Gomes entrou no debate para ajudar o irmão, Cid Gomes, governador do estado. E, bem ao seu estilo, soltou esta:

– Esses marginais fardados , covardes que são, usaram como escudo crianças e mulheres.

Assista:

(Colaboração Daniel Aderaldo, do iG Ceará)

Autor: Tags: , , , ,

Economia | 16:52

Os dois preços do etanol

Compartilhe: Twitter

Daqui a pouco, o Cepea-Esalq divulga sua pesquisa periódica de preço do etanol. O valor será o mais baixo desde agosto de 2011.

Na usina.

Nas bombas dos postos, como o consumidor brasileiro bem sabe, tá lá nas alturas.

A diferença é atribuída à mão invisível do mercado contra a mão visível do governo e de distribuidores.

Autor: Tags:

Eleições | 09:06

Lula pede apoio do PRB a Haddad e ouve um não

Compartilhe: Twitter
Marcos Pereira e Lula: sem acordo (Foto: Divulgação/PRB)

Marcos Pereira e Lula: sem acordo (Foto: Divulgação/PRB)

Pouco depois de visitar o neto recém nascido no hospital, o ex-presidente Lula recebeu em seu instituto o presidente do PRB, Marcos Pereira.

Fez o pedido para o partido abrir mão da candidatura do ex-deputado Celso Russomano a prefeito e apoiar o petista Fernando Haddad.

Ouviu da legenda, ligada à Igreja Universal do Reino de Deus e com pouco mais de um minuto no horário eleitoral de televisão, que, no primeiro turno, é impossível. No segundo turno, haverá disposição para nova conversa, dependendo do resultado.

Aliás, no dia 28, o PRB de São Paulo faz convenção, na Assembleia Legislativa, para ratificar a pré-candidatura de Russomanno e mudar os comandos da legenda no estado e na capital.

O ex-deputado Vinícius Carvalho , ex PT do B do Rio de Janeiro, volta a São Paulo para presidir o partido. E, no município, o presidente será Aildo Rodrigues, ex PMDB de Minas Gerais.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012 Partidos | 16:31

Visita de Aécio surpreende Alckmin

Compartilhe: Twitter

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ficou muito surpreso – para dizer o mínimo – com a visita do senador Aécio Neves (PSDB-MG), ontem, ao Palácio dos Bandeirantes.

Alckmin esperava apenas o presidente do PSDB, Sérgio Guerra. O encontro, inclusive, era sem pauta. Eis que, de repente, adentra Aécio e o governador ficou revoltado com o tom de conspiração que o episódio ganhou no noticiário.

Autor: Tags: , , ,

Economia | 16:10

Fiesp convoca reunião para discutir medidas protecionistas da Argentina

Compartilhe: Twitter

A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner (Foto: Martin Zabala/AE)

A diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) se reúne amanhã para discutir a pendenga comercial provocada pelas novas decisões de Cristina Kirchner.

A partir de 1 de fevereiro, a Receita Federal Argentina exigirá dos importadores informações prévias sobre todas as importações de bens para consumo. A medida afeta as exportações brasileiras e põe em dúvida acordos bilaterais entre os dois países.

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, pediu audiência com Cristina para argumentar que, como o Brasil integra o Mercosul, deve ter tratamento diferenciado – independentemente do humor da presidenta para lidar com as dificuldades econômicas daquele país.

Antes disso, porém, Skaf vai ouvir as reivindicações e análises de representantes dos setores automobilístico, têxtil, calçadista, eletro-eletrônica, máquinas e equipamentos, alimentos, produtos químicos convidados para a reunião.

Autor: Tags: , , ,

Economia | 06:02

Banco Central espera mea culpa de críticos da redução dos juros

Compartilhe: Twitter

Há alguns meses, logo depois de o Banco Central iniciar a redução dos juros em 31 de agosto, sob críticas de ceder à pressão de Dilma Rousseff, um ex-presidente da instituição participou, como consultor, de reunião no Banco do Brasil.

Chegou lá cuspindo fogo contra a equipe econômica e até chamou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do BC, Alexandre Tombini, de “irresponsáveis”. Alguns diretores do BB ouviram calados.

O mesmo personagem escreveu artigo na imprensa, assim como a maioria dos comentaristas econômicos, afirmando que o BC havia cedido, feito aposta perigosa e, provavelmente, errado.

Como se sabe, a inflação, com os efeitos da crise internacional, encerrou 2011 dentro da meta de 6,5% – embora no limite máximo.

A economia brasileira desaqueceu e ontem o Copom reduziu os juros de novo.

Mas alguns diretores do BC reclamam, até agora, que nenhum daqueles “analistas” fez um esperado mea culpa.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012 Governo | 18:48

Ideli sabe de escolha de ministro horas antes do anúncio

Compartilhe: Twitter

Até ontem no fim da tarde, a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvati, desconhecia que Marco Antônio Raupp seria o substituto de Aloizio Mercadante na Ciência e Tecnologia.

Ou seja, soube do fato menos de 24 horas antes do anúncio oficial.

A decisão, como se sabe, desagrada o PT, mas Dilma privou a ministra de tempo e de oportunidade para aparar arestas e preparar o terreno com a cúpula do partido.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última