Publicidade

Arquivo do Autor

sexta-feira, 7 de março de 2014 Eleições | 16:01

“Ninguém no PMDB trabalha por isso”, diz dirigente do Paraná sobre aliança com o PT

Compartilhe: Twitter
Osmar Serraglio (divulgação)

Osmar Serraglio (divulgação)

Se o PMDB tinha quatro correntes bem definidas sobre as eleições no Paraná, esse número foi reduzido pela metade, já que duas correntes perderam fôlego. Uma delas a que pretendia apoiar a candidatura de Orlando Pessuti.

O PT também caiu em desogosto. Segundo o presidente do diretório paranaense do PMDB, deputado federal Osmar Serraglio, o grupo que flertava com a possibilidade de apoiar Gleisi Hoffmann desistiu dessa possibilidade.

“Não tem ninguém no PMDB trabalhando por isso (aliança com o PT), só o PT”, resumiu o dirigente. Perguntado se a situação é reflexo dos conflitos nacionais, Serraglio disse que não há relação entre as duas coisas.

Ele argumenta que a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa do estado é da base do governador Beto Richa (PSDB), o que a coloca em rota de colisão com os petistas.

Autor: Tags: , , , , ,

Eleições | 11:00

PSDB paulista fará ciclo de debates com secretários de Alckmin

Compartilhe: Twitter

Em seu esforço de municiar a militância com informações sobre obras do governador Geraldo Alckmin, o diretório paulista do PSDB convidará secretários estaduais para participar dos encontros com filiados.

O primeiro encontro será realizado no dia 17 de março e terá a presença de Jurandir Fernandes, secretário de Transportes Metropolitanos.

De acordo com o presidente do diretório paulistano do PSDB, Milton Flávio, já confirmaram participação os secretários da Saúde, Segurança Pública, Habitação e Educação.

Autor: Tags: , , , , ,

Eleições | 09:00

Pré-candidato do PT ao governo do MT espera definição “por consenso” até o fim do mês

Compartilhe: Twitter

O pré-candidato do PT ao governo do Mato Grosso, Lúdio Cabral, aproveitou o Carnaval para fazer um giro pré-eleitoral pelo estado.

Ao lado do presidente do PROS local, deputado federal Valtenir Pereira, Lúdio visitou 16 cidades nas regiões do Vale do São Lourenço, Baixada Cuiabana e Médio Norte. Os dois prometem passar por mais quatro cidades até amanhã.

Lúdio acredita que até o final do mês a aliança que reúne PT, PMDB, PROS, PSD, PSC, PRB, PR, PCdoB e PP baterá o martelo a respeito da cabeça da chapa. “Espero que até o fim do mês possamos ter essa decisão por consenso”, disse Lúdio.

A definição depende ainda de uma posição final do senador Blairo Maggi (PR) e do também pré-candidato do PT Julier Sebastião da Silva.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 6 de março de 2014 Eleições | 18:48

De olho nas eleições, PSDB-SP fará intensivão com filiados sobre obras do governo

Compartilhe: Twitter

O PSDB de São Paulo planeja uma série de reuniões com seus filiados a partir da segunda quinzena deste mês para debater as principais áreas do governo tucano no estado.

A proposta é manter a militância afiada sobre os feitos da administração de Geraldo Alckmin com vistas ao enfrentamento eleitoral deste ano. Para isso, o partido fará uma espécie de cartilha com o levantamento de obras em andamento, prazo de entrega e a população e bairros beneficiados.

Existe uma crítica antiga dentro do partido de que o PSDB tem dificuldade de divulgar seus feitos. José Serra chegou a fazer essa reflexão diversas vezes durante a eleição municipal de 2012.

 

Autor: Tags: , , ,

Eleições | 10:00

PMDB traça meta contida para bancada depois das eleições

Compartilhe: Twitter

Com 75 deputados em sua bancada na Câmara dos Deputados, o PMDB anda fazendo projeções austeras quando trata do que pode conseguir depois das eleições deste ano.

Apesar de ter filiado alguns famosos e dos planos de dedicação mais firme nos maiores colégios eleitorais do Brasil (São Paulo e Minas Gerais), o partido tem como meta eleger 75 deputados federais e manter posições.

Para parlamentares do PMDB, as manifestações do ano passado e as promessas de movimentos durante a Copa do Mundo devem dificultar a tarefa eleitoral para todos os partidos, inclusive o PT.

Muitos peemedebistas acreditam que a bancada do PT, atualmente com 87 deputados, deverá encolher na próxima legislatura.

Autor: Tags: , ,

Eleições | 07:00

Estratégia de Kassab é propositiva torcendo por tiroteio entre PT e PSDB

Compartilhe: Twitter

Articuladores mais próximos do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) garantem que o lema da campanha será propositiva para evitar desagradar aos eleitores com ataques a adversários.

As próprias falas de Kassab apontam nessa direção. O lema tem sido sempre pautar a discussão muito mais pelo que se pode fazer do que pelo que foi feito.

Porém, nos bastidores, aliados de Kassab acreditam que poderão se beneficiar muito do provável choque entre PT e PSDB. Tucanos deverão usar a figura do prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) para criticar as novidades do PT.

Por sua vez, o PT deverá trazer o caso Alston-Siemens e as denúncias envolvendo o Metrô paulista para fustigar o governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Na avaliação de correligionários de Kassab, o ex-prefeito terá muito terreno para ganhar nos despojos desse enfrentamento.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 4 de março de 2014 Congresso | 08:00

Ideli buscará concluir diálogo sobre Marco Civil da Internet na volta do Carnaval

Compartilhe: Twitter

A Ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais, deverá usar boa parte da próxima reunião com a base aliada, a ser realizada na próxima semana, para concluir o esforço em torno da votação do Marco Civil da Internet.

Projeto cuja votação virou uma verdadeira lenda, o Marco Civil é o primeiro dos itens que o governo pretende votar de uma vez, já que ele tranca a pauta da Câmara. A retirada da urgência constitucional está mais do que descartada.

O governo tem tentado obter consenso antes de votar o Marco Civil porque acredita que, caso ganhe a votação e o projeto seja aprovado sem o aval de todos os partido da base, isso poderia criar mágoas com efeitos em outras votações.

O PMDB, por exemplo, é contra a aprovação do Marco Civil da Internet.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 3 de março de 2014 Congresso | 17:30

Deputado lançará livro comparando municípios brasileiros com estrangeiros

Compartilhe: Twitter

O deputado Júlio Cesar (PSD-PI) deve lançar nos próximos dias o livro “O Brasil e o Mundo em Dados Comparativos”.

O texto faz uma comparação entre os indicativos dos municípios brasileiros e os compara com os dados dos 193 países da ONU.

Cesar já conversou com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), sobre a possibilidade de o livro ser disponibilizado na página oficial da Casa na Internet.

O deputado chegou a entregar uma versão do livro para a presidente Dilma Rousseff (PT). A versão final do livro não deverá ser muito diferente do texto entregue a Dilma.

Autor: Tags: , , , ,

Eleições | 15:47

PT baiano planeja levar Rui Costa a 14 plenárias pelo interior

Compartilhe: Twitter

Pré-candidato do PT ao governo baiano, Rui Costa deve cumprir nesta fase pré-eleitoral uma maratona de 14 plenárias para a formação do plano de governo.

Ele já fez parte dessas plenárias, passou por Feira de Santana, Serrinha, Vitória da Conquista e Guanambi. No próximo domingo, Costa participará de encontro em Juazeiro.

O PT tem aproveitado os encontros para recolher demandas para o Plano de governo e também para combater a taxa de desconhecimento de Rui Costa pelo interior do estado.

Autor: Tags: , , ,

Congresso | 12:16

Medidas provisórias fazem governo se preocupar com travamento da pauta da Câmara

Compartilhe: Twitter

O travamento da pauta na Câmara dos Deputados, que até aqui não tem despertado grandes aflições no governo, começa a gerar alguma preocupação do Planalto.

Isso porque, duas medidas provisórias começam a entrar no radar dos governistas em função dos prazos envolvidos. As MP 627, de 11 de novembro que trata sobre tributação de empresas, e a 628, de 28 de novembro que prevê fonte adicional de recursos para o BNDES.

Se não forem votadas, MP perdem seus efeitos depois de 60 dias. Ainda há muita gordura para queimar, mas questão do travamento da pauta na Câmara deve, da mesma forma, consumir prazo valioso.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 18
  4. 19
  5. 20
  6. 21
  7. 22
  8. 30
  9. 40
  10. 50
  11. Última