Publicidade

Arquivo do Autor

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015 Social | 15:00

Secretaria de Mulheres fará ato em homenagem a servidoras vítimas em acidente

Compartilhe: Twitter

A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República fará nesta terça-feira um ato em homenagem a Rosangela Rigo e Lurdinha Rodrigues vítimas fatais numa acidente de carro no último dia 14 de fevereiro. Elas eram servidoras da pasta.

Também será homenageada Célia Escanfella, que também faleceu no mesmo acidente.

O ato será realizado no Museu da República na manhã desta terça-feira.

Autor: Tags: , ,

Congresso | 13:16

Deputado diz que PMDB não tem compromisso com medidas provisórias de ajuste

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) (Foto: Divulgação)

O deputado federal Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) (Foto: Divulgação)

Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) confirma que o PMDB terá postura independente com relação à votação das duas Medidas Provisórias (664 e 665) que o governo mandou ao Congresso como parte do pacote de ajuste para mudanças na política econômica.

“Não tem nenhum compromisso. Nem de aprovar, nem em desaprovar. Vamos discutir”, resume Lima.

O deputado baiano acredita que as votações das medidas provisórias poderiam ajudar a colocar o PMDB em posição de capitanear a discussão e assim se posicionar de forma clara sobre o tema, levantando uma bandeira  de atuação sem alinhamento automático com o Planalto.

“Ao discutir essas propostas, levantamos as bandeiras. As bandeiras surgem na sua atuação”, afirmou ele.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 Congresso | 07:00

PT planeja paz com PSB para formar frente de esquerda

Compartilhe: Twitter

Enquanto cada vez mais setores do PSB defendem a tese de que o lugar do partido não será na esfera do PSDB, o PT pretende fazer um esforço especial para reatar seus melhores tempos com os socialistas.

PT e PSB se afastaram durante a disputa eleitoral de 2014, sobretudo depois dos ataques que os dois partidos trocaram ainda no primeiro turno a partir da entrada de Marina Silva (PSB) na disputa. As relações se desgastaram ainda mais depois que o PSB resolveu apoiar Aécio Neves (PSDB) no segundo turno.

Petistas na Câmara não apenas acreditam que o partido poderá melhorar as relações com o PSB, como demonstram disposição em trabalhar por isso. Parte da estratégia que o PT tem em seus planos para tentar romper um certo isolamento em que se vê desde a derrota eleitoral e especialmente ao perder a presidência da Câmara.

Parte de bancada tem defendido a criação de uma frente de esquerda para contrapor o sentimento anti-PT que tem isolado o partido neste início de legislatura. Nessa estratégia, o reatamento com o PSB é visto como quase fundamental, e a partir da próxima semana petistas pretendem reconstruir pontes com os socialistas.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 Congresso | 10:30

Marcos Rogério busca consenso para disputa no Conselho de Ética

Compartilhe: Twitter
Deputado Marcos Rogério (PDT-RO)

Deputado Marcos Rogério (PDT-RO)

Com o apoio do atual presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados para disputar o cargo neste ano, Marcos Rogério (PDT-RO) tentará construir consenso com um correligionário de Ricardo Izar (PSD-SP).

Nesta semana, o deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), veterano do Conselho e eterno candidato à presidência do colegiado, já sinalizou interesse em concorrer mais uma vez. Diante disso, Rogério pretende conversar com o baiano, em busca de um acordo. Como já tem o apoio de Izar, o deputado trabalhista espera conseguir convencer Araújo sobre uma chapa conjunta dos dois.

O arranjo, entretanto, ainda depende das indicações do PSD para o Conselho. Além de Araújo e Izar, Sergio Brito (PSD-BA) também manifestou desejo de participar do espaço em 2015. Como o PSD indicará dois parlamentares, é necessário que o imbróglio interno do PSD seja resolvido antes que Rogério possa iniciar sua costura.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015 Congresso | 07:30

Sete partidos já indicaram membros para a CPI da Petrobras

Compartilhe: Twitter

Até o fim da noite de segunda feira, sete partidos já haviam indicado membros de suas bancadas para compor a CPI da Petrobras: SDD, PR, PROS, PSD, PSDB, PSB e PSOL. PT e PMDB, as duas maiores bancadas da Câmara ainda não o fizeram.

O PT só fechará a lista de indicações para a CPI depois de reunião com a bancada nesta terça-feira, embora o tema já tenha começado a ser discutido.

Já no PMDB a definição dos nomes passa pela escolha do novo líder da bancada, que só será definida na quarta-feira. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), confirmou que não fará indicações até o fim do carnaval. Esse procedimento poderia ser feito uma vez que a criação da CPI foi formalizada na última quinta-feira.

Depois de 48h da criação forma da CPI, o presidente da Casa pode indicar membros para compor o grupo caso os partidos não o façam, possibilidade que Cunha descartou até o fim do Carnaval. Faltam ainda, entre titulares e suplentes, 35 nomes para fechar o quadro completo da CPI da Petrobras.

Confira os nomes já indicados:

Titulares: Paulinho da Força (SDD-SP), Altineu Côrtes (PR-RJ), Domingos Neto (PROS-CE), João Carlos Bacelar (PR-BA), Paulo Magalhães (PSD-BA), Silas Câmara (PSD-AM), Bruno Covas (PSDB-SP), César Messias (PSB-AC), Izalci (PSDB-DF), Júlio Delgado (PSB-MG), Otavio Leite (PSDB-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP).

Suplentes: João Henrique Holanda (SDD-AL), José Carlos Araújo (PSD-BA), José Rocha (PR-BA), Leônidas Cristino (PROS-CE), Rogério Rosso (PSD-DF), Adilton Sachetti (PSB-MT) e Rodrigo Martins (PSB-PI).

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 Congresso | 20:25

‘Não se leva mais desaforo para casa’, diz novo líder do governo na Câmara

Compartilhe: Twitter

O novo líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), exortou seus aliados a defender a gestão da presidente Dilma Rousseff (PT) com mais vigor.

“A partir de hoje, não se leva mais desaforo para casa”, cobrou Guimarães, que foi à tribuna depois que o líder da minoria, deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), usou seu tempo para reproduzir um trecho de uma fala da presidente durante a campanha. O trecho usado pelo tucano mostrava Dilma prometendo que não haveria aumento nos valores das contas de luz.

Em resposta, Guimarães lembrou de promessas feitas pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), durante a campanha de 2014 de que não haveria racionamento de água no estado.

A fala de Guimarães dialoga perfeitamente com o clima da reunião da bancada do PT realizado nesta quarta-feira. Na ocasião, petistas defenderam uma postura mais pró-ativa em defesa do governo Dilma. A estratégia é uma forma de se contrapor ao vigor com que a oposição tem se organizado para criticar a gestão petista desde o fim da eleição no ano passado.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015 Congresso | 18:00

Lideranças viram comitê eleitoral de candidatos a presidente da Câmara

Compartilhe: Twitter

Na última semana da campanha pela presidência da Câmara dos Deputados as salas das lideranças de PT, PMDB e PSB transformaram-se em verdadeiros comitês eleitorais.

Arlindo Chinaglia (PT-SP), Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Júlio Delgado (PSB-MG) transformaram as salas das lideranças de seus partidos, mas até nesse aspecto a diferença de investimento parece visível.

Delgado, que vem repetindo que sua campanha é a mais pobre, tem o comitê mais tímido, do ponto de vista visual.

Já Cunha e Chinaglia, que até jatinho tiveram a sua disposição na campanha, têm volume maior de propagandas espalhadas pelas lideranças.

Veja:

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 Governo | 22:00

Dilma pede a ministros que se comuniquem, só que não

Compartilhe: Twitter

No discurso que fez na abertura da primeira reunião ministerial, a presidente Dilma Rousseff pediu a todos os auxiliares que se comuniquem mais.

Mas, na hora H, o que houve foi silêncio. Todos eles saíram da Granja do Torto sem dar entrevistas.

Autor: Tags: ,

Governo | 16:53

Atrasado, Joaquim Levy chegou depois de Dilma na reunião ministerial

Compartilhe: Twitter
Joaquim Levy (Foto: Agência Brasil)

Joaquim Levy (Foto: Agência Brasil)

Recém-chegado na Esplanada sob muito fogo amigo, Joaquim Levy foi o último a chegar à reunião ministerial desta terça-feira.

O novo ministro da Fazenda só apareceu na Granja do Torto às 16h20. Quando até a presidente Dilma Rousseff já estava presente.

 

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 Partidos | 18:00

‘O PT está totalmente pacificado’, diz Pepe Vargas

Compartilhe: Twitter
O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas. (Foto: Agência Brasil)

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas. (Foto: Agência Brasil)

Depois de enfrentar algumas turbulências internas no PT por causa de disputas por espaço entre as tendências do partido, o ministro Pepe Vargas (PT-RS), da Secretaria de Relações Institucionais, garante que o problema foi superado.

“O PT sempre tem muita conversa, mas é o partido mais fiel ao governo. Não tem nenhum problema de crise dentro do PT. É lógico que cada parlamentar busca seus espaços e isso faz parte, mas o PT está totalmente pacificado. Não tem problema nenhum dentro do PT”, diz Vargas.

Enquanto faz o discurso da paz, Vargas admite que as conversas sobre a escolha do futuro líder do governo na Câmara ainda não foram conclusivas. Esse posto, além da liderança da bancada, são alvos dessa disputa por espaço dentro do PT. Disputa essa que começou quando da reforma ministerial.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 4
  3. 5
  4. 6
  5. 7
  6. 8
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última