Publicidade

Arquivo da Categoria Brasil

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012 Brasil | 14:45

Os privilégios de Rosemary

Compartilhe: Twitter

Procurador da República com larga experiência no combate a corrupção e ao crime organizado, o senador Pedro Taques (PDT-MT) ainda não entendeu porque Rosemary Noronha não foi presa e nem “grampeada” pela Polícia Federal na Operação Porto Seguro.

“Havia todos indícios para que ela fosse grampeada e presa. Ela fazia parte da organização criminosa e participou dos mesmos atos que os demais”, afirma Taques, que faz parte da base do governo. Rose foi indiciada e seu apartamento em São Paulo foi alvo de buscas da polícia.

Embora tenha elogiado a atuação da Polícia Federal, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) acha que houve um acordo de bastidor envolvendo a cúpula do governo para que Rose fosse poupada.

Pela hipótese levantada pelo senador paranaense, a polícia nem pediria à justiça o monitoramento de Rose. O sistema de grampo da PF, conhecido por Guardião, é altamente auditável. Uma vez interceptado o telefone, tudo ficaria armazenado.

A blindagem, então, passaria também pela decisão de restringir a apreensão de e-mails e as ligações de Rose com os demais membros da quadrilha.

A explicação da Polícia Federal é que a participação de Rose no esquema não justificava grampo nem prisão.

Autor: Tags: , , ,

Brasil, Congresso | 11:30

Estranho no ninho

Compartilhe: Twitter

Deputado federal da bancada fluminense, Alessandro Molon (PT) resolveu aparecer na reunião entre o presidente do Senado, José Sarney, com representantes dos estados que querem derrubar o veto de Dilma Rousseff ao projeto dos royalties.

Depois de ouvir propostas de ataques aos royalties, Molon levantou o dedo, se identificou e disse a Sarney que a derrubada do veto seria pior para todos, já que o assunto acabaria sendo levado para o Supremo Tribunal Federal, o que paralisaria uma série de medidas.

Sarney, a quem cabe colocar o veto em votação, disse então que não tomaria qualquer medida apressada.

Autor: Tags: , ,

Brasil, Congresso | 06:30

A longa e intocada fila de vetos

Compartilhe: Twitter

A votação imediata, pelo Congresso, do veto parcial de Dilma Rousseff ao projeto de redistribuição dos royalties do petróleo representaria uma furada de fila histórica.

De acordo com o portal do Senado na internet, 569 vetos de presidentes aguardam para ser apreciados pelos deputados e senadores.

O veto mais antigo que mofa nas prateleiras do Congresso foi publicado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso no dia 23 de novembro de 1999.

Na época, FHC vetara parcialmente o Projeto de Lei de Conversão número 8, de 1999, que estalecia prazo “para as ratificações de concessões e alienações de terras feitas pelos Estados, na Faixa de Fronteira”.

Entre outros projetos que foram descartados ou sofreram mudanças estão o que instituía seguro-semprego para empregados domésticos, o que estabelecia residência para veterinários e o que criou a Agência Nacional de Aviação Civil.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012 Brasil | 18:35

Zé no Rio

Compartilhe: Twitter

José Dirceu está reunido com sindicalistas e petistas em um hotel no Centro do Rio.

Autor: Tags: ,

Brasil | 17:30

Outras emoções

Compartilhe: Twitter

Nem todos os VIPs convidados para o show privê que o cantor Roberto Carlos fez na noite de ontem compareceram à apresentação.

O prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, por exemplo, não foi.

Longe dele fazer desfeita. Mas, segundo pessoas próximas ao petista, o motivo da ausência foi o fato de ele estar absolutamente mergulhado nas negociações para a composição do secretariado.

Além disso, o prefeito eleito gosta mesmo é de acordar cedo.

Clarissa Oliveira e Ricardo Galhardo

Autor: Tags: ,

Brasil | 08:30

Hospital virtual

Compartilhe: Twitter

No mundo virtual não há dificuldade para se conseguir consulta no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia, no Rio, referência nacional na especialidade.

O site do Into diz que a instituição tem “60 salas de atendimentos”, “o que representa cerca de 305 mil consultas por ano”.

Na vida real, como foi mostrado por jornais e emissoras de TV, tudo é bem diferente.

A antiga sede do Into dispunha de 110 leitos: lá eram realizadas cerca de sete mil cirurgias por ano.

O prédio novo tem 303 leitos, mas o número de operações diminuiu, está em torno de 5 mil. Pelo jeito, teria sido melhor deixar tudo como antes.

Autor: Tags: , ,

Brasil, Congresso | 07:00

Emenda prorroga isenção para taxistas

Compartilhe: Twitter

Proposta do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) inserida na Medida Provisória 577 prorroga, até 2016, a vigência da lei 8.989, de 1995, que isenta de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) veículos de taxistas e de pessoas com deficiência.

O benefício deveria valer apenas até o fim de 1995, mas vem sendo mantido por sucessivas leis – ninguém está muito disposto a brigar com motoristas de táxi.

Na melhor tradição do Congresso, a isenção foi embutida numa MP que não tem nada a ver com táxis ou pessoas com deficiência – trata da extinção de concessões de serviços públicos de energia elétrica.

O relator, senador Romero Jucá (PMDB-RR) confirmou a Dornelles que a emenda ficará no texto final.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 4 de dezembro de 2012 Brasil | 16:08

Irritação de Padilha

Compartilhe: Twitter

Em Cuba, onde foi discutir alguns convênios e participar de uma convenção, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ficou irritadíssimo ao saber da humilhação imposta a milhares de pessoas que tentaram marcar consultas no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), no Rio.

O Into é ligado ao Ministério da Saúde.

Cabeças – no caso, joelhos – podem rolar. Padilha tem sido citado como eventual candidato do PT ao governo paulista.

O diretor do Into, Geraldo Motta, está no exterior.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 Brasil | 21:54

Ex-guerrilheiro critica Comissão de Mortos e Desaparecidos

Compartilhe: Twitter

Ex-integrante de organização guerrilheira, Aluízio Palmar afirma, em entrevista à edição de dezembro da Revista de História da Biblioteca Nacional, que a Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos parou no tempo.

“Há muitos locais onde se podem encontrar restos mortais e pistas. Cabe ao Estado ir atrás, não basta indenizar os familiares com R$ 100 mil”, diz.

Criador do site ‘Documentos Revelados’, em que revela documentos do período da ditadura militar, Palmar se dedica à elucidação da morte de seis militantes da Vanguarda Popular Revolucionária que, em 1974, retornavam clandestinamente ao país. Seus corpos jamais foram encontrados.

Autor: Tags: ,

Brasil, Partidos | 18:45

Falcão defende Lindbergh ao governo do Rio

Compartilhe: Twitter

Presidente nacional do PT, Rui Falcão jogou água na fervura do PMDB-RJ e defendeu o lançamento do senador Lindbergh Farias (PT) para o governo do Estado.

Os peemedebistas querem o apoio dos petistas para a candidatura de Pezão, atual vice-governador.

Em discurso hoje à tarde, em reunião com prefeitos e vereadores eleitos pelo PT fluminense, Falcão chegou a cumprimentar o diretório estadual petista pela decisão de apoiar a candidatura de Lindbergh.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 26
  5. 27
  6. 28
  7. 29
  8. 30
  9. 40
  10. 50
  11. 60
  12. Última