Publicidade

Arquivo da Categoria Brasil

quarta-feira, 21 de novembro de 2012 Brasil | 12:29

A última missão de ACM Neto

Compartilhe: Twitter

O prefeito eleito de Salvador viaja na quinta-feira para sua última missão como deputado federal.

ACM Neto (DEM-BA) integrará comitiva do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), que vai a Nova Iorque para visita à ONU, debate sobre os Brics e uma rodada de bate-papo com empresários estadunidenses.

ACM Neto deixa o cargo de deputado em 1º de janeiro, quando toma posse no Palácio Tomé de Sousa, sede da prefeitura de Salvador.

Atual líder do DEM na Câmara, ACM Neto está tratando de sua sucessão pessoalmente.

O mais cotado é Onyx Lorenzoni (DEM-RS), amigo do baiano.

Os dois chegaram juntos à Câmara, em 2003, e desde o começo ficaram próximos.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 20 de novembro de 2012 Brasil | 15:30

Relator faz sumário do relatório da CPMI

Compartilhe: Twitter

O relator da CPI de Carlinhos Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), preparou um “sumário executivo” para ser lido nesta quarta.

O sumário é um resumo de 200 páginas do relatório da CPI – o documento oficial da investigação tem mais de 3 mil páginas, contabilizando as análises técnicas, as transcrições de diálogos e depoimentos prestados à comissão.

Para finalizar o documento, o relator passou o feriadão em Brasília.

Autor: Tags: , ,

Brasil | 09:00

Dirceu pode se livrar da cadeia, diz Maierovitch

Compartilhe: Twitter

Especialista em segurança e ex-secretário nacional Anti-Drogas, o juiz Walter Fanganiello Maierovitch faz um cálculo que pode frustrar quem já dá como certa a prisão do ex-ministro José Dirceu.

Ele lembra que Dirceu foi condenado a três anos de prisão por formação de quadrilha, numa votação que terminou com seis votos a quatro.

Como dois novos ministros assumem vagas no Supremo e vão participar do julgamento dos chamados embargos infringentes – uma espécie de recurso -o placar pode ser alterado radicalmente se o ex-ministro for absolvido deste crime.

“Nesse caso a pena total fica inferior a oito anos e ele pegará o regime semiaberto. Como não existe estabelecimento penal para este tipo de regime, é provável que cumpra a pena em casa”, diz Maierovitch.

A menos que mais uma vez flexibilize sua própria jurisprudência, o Supremo só mandará os réus do mensalão para a cadeia depois do trânsito em julgado das sentenças. Do julgamento dos embargos a publicação dos acórdãos o tempo estimado pode chegar a dois anos até que se expeça os mandados de prisão.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 19 de novembro de 2012 Brasil, Congresso | 19:30

Presidente (da Câmara) por um dia

Compartilhe: Twitter

Coube ao deputado Pauderney Avelino (DEM-AM) presidir a vazia sessão de debates da Câmara na tarde desta segunda-feira.

Ele aproveitou o posto para mandar um recado para a presidenta Dilma Rousseff.

Pediu para ela “não desfazer o que a Câmara fez” e sancionar dois projetos: o que redistribui os royalties do petróleo e o que discrimina na nota os impostos pagos.

“Já que estava na cadeira de presidente, resolvi mandar o recado. Não é todo dia que isso acontece”, disse o deputado.

Autor: Tags: , ,

Brasil | 18:36

Alemão nega defesa de Dirceu

Compartilhe: Twitter

Três alunos brasileiros do jurista alemão Claus Roxin divulgaram um manifesto em que ele nega ter dito que teria interesse de assessorar a defesa do ex-ministro José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão.

Roxin é autor da teoria do “domínio do fato”, usada, no STF, para justificar a condenação de Dirceu.

O manifesto classifica de “imprecisa” a redação dada pela ‘Folha de S.Paulo’ à entrevista de Roxin publicada no último dia 11 e classifica de “ambíguo” o título da reportagem: “Participação no comando do mensalão tem que ser provada, diz jurista”.

Segundo o documento, a reportagem dá a entender que Roxin estaria colocando em dúvida a “isenção e integridade” do STF.

O manifesto é assinado por Luís Greco, professor de Direito Penal; Alaor Leite, mestre e doutorando em Direito pela Universidade Ludwig Maximilian, de Munique; e Augusto Assis, mestrando da mesma universidade.

Autor: Tags: , , ,

Brasil, Governo | 17:20

Governo federal já conta com Claudia Costin

Compartilhe: Twitter

O governo federal dá como certa a ida de Claudia Costin, atual secretária de Educação da cidade do Rio de Janeiro, para a Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação.

Há muito tempo Dilma Rousseff tenta levá-la de volta para Brasília – Costin chegou a ser ministra no governo Fernando Henrique Cardoso.

Em setembro, o prefeito Eduardo Paes, durante sabatina no jornal O DIA,chegou a dizer que pedira à presidenta para deixá-la no Rio.

A informação foi publicada na coluna ‘Informe do Dia’. Na época, Costin confirmou o convite, mas disse que ficaria no Rio.

Mas, pelo visto, o apelo do prefeito não adiantou. O governo federal chegou a relevar o fato de Costin, apesar de não ser filiada a qualquer partido, ter ligações com o PSDB.

Autor: Tags: , , ,

Brasil, Cidades | 11:01

Monstro entre o mar e a lagoa nasce sem pai

Compartilhe: Twitter

Briga das boas no Rio. Em meio ao embrulha e manda de projetos supostamente relacionados às Olimpíadas, o vereador eleito e ex-prefeito Cesar Maia (DEM) acusa Eduardo Paes (PMDB) de ter mentido ao falar sobre a licença de construção, pela rede Hyatt, de um complexo residencial e hoteleiro na Barra da Tijuca.

Ontem, o atual prefeito disse que a autorização foi concedida em 2005 – antes do início de seu mandato. A obra seria feita num dos trechos mais bonitos do litoral carioca, uma estreita faixa de areia entre o mar e a lagoa que integraria uma Área de Proteção Ambiental.

Em 2005, Maia era o prefeito da cidade. Hoje, em seu comunicado diário – o “ex-blog” -, ele nega ser o responsável pelo monstro e joga a responsabilidade no colo de seu sucessor.

O ex-prefeito diz ter vetado o projeto que, segundo ele, nasceu na Câmara Municipal. Afirma que Paes viabilizou a proposta ao deixar correr solta uma briga judicial.

No sábado, uma manifestação de moradores contra a obra foi reprimida com spray de pimenta pela polícia.

Em seu Twitter, Maia divulgou o folder da área residencial do empreendimento, que, se ninguém impedir, será construído pela Brookfield.

Autor: Tags: , , , ,

Brasil, Governo | 08:30

Azulejos presidenciais

Compartilhe: Twitter

No início do ano, Dilma Rousseff implicou com um conjunto habitacional que seria construído, em Belo Horizonte, pelo Minha Casa, Minha Vida.

De acordo com o projeto, as cozinhas dos apartamentos seriam entregues sem azulejos.

A presidenta rodou a baiana, chamou a construtora da obra para uma conversa e exigiu o revestimento.

“Vocês têm ideia do que é limpar uma cozinha sem azulejo?”, perguntou.

O projeto foi adaptado.

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 Brasil | 14:30

Vazamentos no STF

Compartilhe: Twitter

O Supremo Tribunal Federal está preocupado com vazamentos.

Adquiriu, por R$ 2.940,00, um Geofone Digital LDS LD-12.

O aparelho serve para detectar vazamentos em tubulações de água.

A descoberta da compra é da ONG Contas Abertas, que está sempre de olho nos ralos por onde escorre o dinheiro público.

Autor: Tags: ,

Brasil | 12:00

Royalties: um argumento poderoso

Compartilhe: Twitter

Políticos do Rio ligados à presidenta Dilma Rousseff têm um argumento simples para que ela vete o projeto de lei que muda a distribuição dos royalties do petróleo.

Para tentar convencer a presidenta, vão repetir ao máximo o nome de Anthony Garotinho.

A sanção do projeto armaria o palanque da candidatura do deputado ao governo do estado – afinal, ao contrário de Luiz Fernando Pezão (PMDB) e Lindbergh Farias (PT), ele não tem qualquer compromisso com Dilma e estaria livre para criticá-la durante a campanha em que ela, provavelmente, tentará a reeleição.

Duas observações: 1. Garotinho é de Campos, cidade que mais sofrerá com a eventual retirada dos royalties; 2. a mulher dele, a ex-governadora Rosinha Garotinho, é a prefeita municipal.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 30
  5. 31
  6. 32
  7. 33
  8. 34
  9. 35
  10. 40
  11. 50
  12. 60
  13. Última