Publicidade

Arquivo da Categoria Eleições

segunda-feira, 22 de setembro de 2014 Eleições | 06:00

Marta Suplicy cumpre promessa e bate cartão na campanha de Padilha

Compartilhe: Twitter
Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

Marta Suplicy tem cumprido a promessa de ajudar na campanha do ex-ministro Alexandre Padilha ao governo de São Paulo.

A ministra da Cultura, que costuma reservar seu lugar na fila em todas as eleições disputadas pelo PT no estado, anda batendo ponto nas agendas de rua de Padilha aos finais de semana.

Marta é tida no PT como cabo eleitoral de primeira na capital. O forte da ex-prefeita de São Paulo é a periferia.

Autor: Tags: , ,

domingo, 21 de setembro de 2014 Eleições | 08:00

‘Ninguém sabe o nome da Marina’, diz Paulinho da Força

Compartilhe: Twitter

Embalado num discurso otimista sobre a capacidade do senador Aécio Neves (PSDB) de chegar ao segundo turno da disputa presidencial, o presidente do Solidariedade, Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, diz que as próximas semanas marcarão uma mudança no discurso do tucano. Segundo ele, Aécio já tomou a decisão de colocar na campanha temas da agenda trabalhista.

Paulinho diz que o tucano vai se comprometer nesta fase com a valorização do mínimo e colocará em discussão o fim do fator previdenciário. Isso deve ajudar, segundo ele, a melhorar o desempenho na reta final e a garantir uma virada sobre a ex-senadora Marina Silva.

Paulinho: de saída da Força Sindical

Paulinho: agenda trabalhista entrará na campanha

Minimizando o desempenho da candidata do PSB, favorita para disputar o segundo turno com Dilma Rousseff (PT), ele foge da discussão sobre um possível apoio à ex-senadora. Diz que não vai cair no mesmo “erro” do coordenador da campanha José Agripino Maia, que acenou para uma aliança caso a socialista siga na corrida e Aécio seja derrotado. Paulinho diz que Marina é “uma boa pessoa”, mas não tem condições de levar. “Ninguém sabe o nome de Marina”, afirma.

Passada a eleição, o que vai ser do Solidariedade ?
Nosso partido foi construído na oposição. Somos oposição. E estamos confiantes de que Aécio Neves vai para o segundo turno. Sabemos que os eleitores estão buscando alguém capaz de derrotar o PT. Esse público foi para Marina num primeiro momento e acredito que ele já está voltando.

Mas as pesquisas ainda indicam que Marina é favorita para disputar o segundo turno com a presidente Dilma.
Por enquanto, o que existe de indicativo é que a onda que levou Marina até aí está baixando.

Aliados de Aécio dizem que ele precisa mudar o discurso. Que não está dialogando com a massa dos eleitores. O sr. concorda?
Foi pensando justamente nisso que acertamos agora de levar questões trabalhistas para o programa de televisão. É fundamental conversar com o conjunto dos trabalhadores.

O senhor acredita que Aécio não estava dialogando o suficiente com os trabalhadores?
Não estava dialogando nada. O que nós dissemos: é importante falar da política do salário mínimo, por exemplo.

Vocês definiram propostas específicas a serem apresentadas na reta final da campanha?
Ele vai se comprometer a manter a política de valorização do mínimo. Também vai falar com os aposentados, que passarão a ter aumento real de salário. Mais importante, é a primeira vez que um candidato se propõe a falar sobre fim do fator previdenciário. Ele disse textualmente que vai chamar o movimento sindical para discutir uma alternativa que permita às pessoas se aposentarem com dignidade. São milhões de pessoas que estão esperando uma resposta dos candidatos.

Mas, e se Marina for para o segundo turno, como fica?
Não acreditamos que ela vá. Estamos com Aécio até o dia 5 de madrugada. Se algo sair de outro jeito, aí vamos sentar e discutir. Mas o fato é que Aécio tem uma coisa que Marina não tem. Ele tem uma coligação com mais candidatos. Rodamos milhões de santinhos e colas. Vai ter muito mais panfleto com o nome do Aécio do que com o nome da Marina. Ela não vai ganhar. Ninguém sabe o nome da Marina. De qualquer jeito, nem adianta ficar me perguntando se vou apoiá-la no segundo turno. Não vou cometer o mesmo erro do Agripino (Maia).

Qual é sua opinião sobre Marina?
Ela é uma boa pessoa. Tenho boa relação com ela, com os partidos que estão coligados a ela. Ela é correta. Acredito que ela vai fazer o possível para cumprir o que promete. Ela vai. Quem não cumpre o que fala é o PT e a Dilma.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 Eleições | 15:07

Eduardo Jorge faz pausa na campanha para ser jurado em Nova York

Compartilhe: Twitter
O presidenciável do Partido Verde, Eduardo Jorge. (Foto: Divulgação)

O presidenciável do Partido Verde, Eduardo Jorge. (Foto: Divulgação)

O presidenciável Eduardo Jorge fará uma pausa de alguns dias em sua campanha para participar de compromissos em Nova York. O candidato viaja no próximo domingo e só retoma a agenda eleitoral na próxima quarta-feira.

Leia mais: ‘Estão todos acostumados a ver candidatos robôs’, diz Eduardo Jorge

Jorge será jurado de uma cerimônia que premiará dez cidades líderes em experiências para enfrentar o aquecimento global e as mudanças climáticas. A premiação é promovida pela rede de cidades C40, fundada na época em que Eduardo Jorge era Secretário do Meio Ambiente em São Paulo.

Não é a primeira vez que o candidato surpreende, ao desperdiçar parte do tempo de campanha. No primeiro debate televisivo entre os presidenciáveis, o verde arrancou risos da plateia ao abrir mão do final de seu tempo, com uma resposta lacônica.

Autor: Tags: , ,

Eleições | 15:00

Atrás de Serra, Suplicy insiste em campanha ‘paz e amor’

Compartilhe: Twitter
Senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Foto: Divulgação

Senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Foto: Divulgação

A contragosto de colegas de partido, Eduardo Suplicy (PT-SP) tem dito que não vai endurecer o tom das críticas ao tucano José Serra (PSDB), com quem disputa uma cadeira no Senado na próxima legislatura.

O petista tem sido orientado a explorar, por exemplo, o fato de Serra ter deixado a prefeitura no meio do mandato para concorrer ao governo paulista, indicando que o rival trocaria o cargo por um ministério em um eventual governo de Aécio Neves.

Suplicy não quer nem ouvir falar. Diz que não tem a menor intenção de fazer uma campanha agressiva contra adversário. Ao menos por enquanto, ficou acertado que o PT vai se encarregar de abraçar esse discurso.

Autor: Tags: ,

Eleições | 14:37

Magela contrata exército para fazer blitz em bares contra Reguffe

Compartilhe: Twitter
Panfleto distribuído pela campanha de Geraldo Magela (PT-DF) ao Senado.

Panfleto distribuído pela campanha de Geraldo Magela (PT-DF) ao Senado.

O deputado federal e candidato a uma vaga no Senado pelo PT do Distrito Federal, Geraldo Magela, tem dedicado boa parte dos recursos da campanha para atacar seu principal adversário na disputa, Antônio Reguffe (PDT-DF), líder nas pesquisas de intenções de voto.

Leia também: Barrada na reeleição, Jaqueline Roriz diz querer ‘cuidar do lar’

Nos últimos dias, Magela decidiu se aproximar do eleitorado do adversário e contratou diversos panfleteiros para distribuírem santinhos nas regiões onde Reguffe costuma panfletar, na tentativa de associá-lo diretamente ao ex-governador Joaquim Roriz (PRTB-DF). A tiragem indicada no material é de 100 mil panfletos.

A briga é tanta que chegou no Tribunal Regional Eleitoral do DF. Na última quarta-feira, Reguffe obteve um minuto de direito de resposta no horário eleitoral por ataques do petista que o associavam também ao ex-governador e candidato impugnado José Roberto Arruda (PR).

Autor: Tags: , , , , , ,

Eleições | 12:00

Cansada, Marina escala equipe para substituí-la em compromissos de campanha

Compartilhe: Twitter
Marina Silva (Foto: Divulgação)

Marina Silva (Foto: Divulgação)

Cansada por causa da agenda carregada de campanha, a ex-senadora Marina Silva tem escalado alguns de seus principais interlocutores para substitui-la em alguns compromissos que já estavam agendados.

Em geral, as tarefas têm sido distribuídas entre aliados como Walter Feldman, coordenador da campanha; Neca Setúbal, que integra o time do programa de governo; e João Paulo Capobianco, ex-secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente.

Autor: Tags: ,

Eleições | 10:30

Armando Monteiro corre para Lula e Dilma mais uma vez

Compartilhe: Twitter
O candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro (PTB). Foto: Divulgação

O candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro (PTB). Foto: Divulgação

Diante da virada do adversário Paulo Câmara (PSB), o candidato a governador Armando Monteiro (PTB) ainda não encontrou o antídoto para enfrentar o chamado “efeito Eduardo Campos” entre os eleitores pernambucanos.

A estratégia ainda se resume à aproximação com a imagem da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que planejam nova visita ao estado na próxima semana. Os dois já estiveram em Pernambuco no início do mês, para tentar conter o crescimento da presidenciável Marina Silva (PSB), além de dar uma forcinha ao aliado local.

Por enquanto, a coligação que também reúne o deputado federal Paulo Rubem (PDT) e o candidato ao Senado João Paulo Lima (PT) tem concentrado esforços na região metropolitana do Recife, área mais populosa e onde Monteiro tradicionalmente enfrenta mais dificuldades.

Autor: Tags: , , , , , , ,

Eleições | 07:30

Barrada na reeleição, Jaqueline Roriz diz querer ‘cuidar do lar’

Compartilhe: Twitter
A deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF). Foto: Agência Câmara

A deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF). Foto: Agência Câmara

Oficialmente fora da disputa eleitoral, a deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) tem se empenhado para eleger o filho Joaquim Roriz Neto (PMN-DF) como sucessor e diz que, passada a eleição, ela pretende se dedicar às tarefas domésticas.

Leia também: Joaquim Roriz volta às ruas

“Quero ser do lar. É uma coisa que eu tenho vontade há muito tempo, cuidar do lar, sabe?”, diz Jaqueline, que foi eleita deputada distrital em 2006 e federal em 2010 e, neste ano, teve sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral, com base na Lei da Ficha Limpa.

A filha mais velha do ex-governador Joaquim Roriz (PRTB-DF) diz ainda que pretende voltar a se dedicar a alguns projetos sociais em cidades satélites de Brasília, onde dava aula de inglês.

 

Autor: Tags: , , , , ,

Eleições | 06:00

Para Lula, PT vive momento tão difícil quanto no auge do julgamento do mensalão

Compartilhe: Twitter
Lula e Padilha darão a largada na caravanas pelo estado (Foto: Futurapress)

Lula e Padilha darão a largada na caravanas pelo estado (Foto: Futurapress)

Nas conversas de corredor, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem comparado o atual cenário da eleição presidencial à época em que o partido se via às voltas com a repercussão do escândalo do mensalão.

A combinação entre o desgaste da gestão petista e o crescimento da ex-senadora Marina Silva nas pesquisas, na visão de Lula, torna o quadro tão difícil quanto em 2012. Na época, o PT assistiu ao auge do julgamento do mensalão e viu seus alguns de seus principais líderes serem condenados e presos por envolvimento no esquema.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 18 de setembro de 2014 Eleições | 12:40

Aécio vê sinais de retomada também nas redes sociais

Compartilhe: Twitter
O presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG). (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

O presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG). (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

Além de comemorar a melhoria do desempenho do senador Aécio Neves (PSDB) nas pesquisas, tucanos identificam também sinais de recuperação nas redes sociais.

Depois de um período de marasmo, a página do tucano no Facebook registrou um crescimento de curtidas de 4% na última semana.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 28
  5. 29
  6. 30
  7. 31
  8. 32
  9. 40
  10. 50
  11. 60
  12. Última