Publicidade

Arquivo da Categoria Estados

terça-feira, 17 de março de 2015 Estados, Partidos | 16:39

João Vaccari fica onde está

Compartilhe: Twitter

imageO presidente do PT, Rui Falcão, acaba de anunciar que o partido não tem a menor intenção de afastar João Vaccari.

Sobre as pressões internas por sua saída do cargo de tesoureiro, noticiadas pelo Poder Online, Falcão explicou: “Ninguém me procurou, formalmente ou informalmente, para pedir o afastamento de Vaccari”.

Segundo ele, só há, até o momento, “denúncias sem comprovações”.

 

Autor: Tags:

sexta-feira, 6 de março de 2015 Estados | 10:00

PSDB ainda vê interesse de Serra na prefeitura em 2016

Compartilhe: Twitter

O PSDB de São Paulo diz desconfiar e muito das declarações do senador José Serra (PSDB-SP) de que não quer nem ouvir falar em disputar a prefeitura paulistana em 2016. Líderes da legenda investem na tese de que o tucano prefere mil vezes disputar um cargo executivo a se concentrar no mandato de senador. E pode sim reivindicar a candidatura.

José Serra: 'Paz e amor' (foto: divulgação)

José Serra: ‘Paz e amor’ (foto: divulgação)

Serra repete à exaustão que a prefeitura paulistana, para ele, é uma etapa cumprida e nega qualquer interesse em concorrer. Alguns aliados dizem que, no máximo, ele pode vir a cogitar a disputa ao governo paulista. Mas que seu foco continua sendo o de disputar a Presidência mais uma vez, uma indicação que disputaria com o governador Geraldo Alckmin e o candidato derrotado ao Planalto Aécio Neves (MG).

Como bem sabe o PSDB, Serra é famoso por só se colocar na disputa aos 45 do segundo tempo. Eleição após eleição, ele aguarda até dias antes do prazo final de candidatura para se apresentar. Até lá, a articulação é sempre feita de maneira silenciosa.

Uma parcela significativa do PSDB investe hoje no discurso da renovação. Diz que o PSDB seguirá encolhendo se insistir em lançar sucessivamente os mesmos nomes para as disputas de cargos no Executivo. E aponta que o partido perde a oportunidade de construir novos nomes diante do desgaste demonstrado pelo PT.

Dentro desse cenário, a tese é que Serra pode vir a trabalhar por um nome como o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP). Este último vem sendo mantido longe do holofote eleitoral, mas tucanos argumentam que a jogada é evitar que ele se desgaste antes da hora. Outro tucano interessado na vaga e também próximo de Serra é Andrea Matarazzo.

Alckmin, entretanto, tem demonstrado que fará o possível para manter o controle do processo eleitoral de 2016. Ao menos por enquanto, a expectativa é de que o vereador Mario Covas Neto, seu aliado, assuma o comando do diretório municipal. Alckmin trabalha, em seu círculo próximo, nomes como o secretário Saulo de Castro Abreu. Alguns nomes, embora tidos como mais frágeis, seguem na lista de apostas, como o deputado Bruno Covas.

 

Autor: Tags: , , , ,

Estados | 06:00

Operação Lava Jato trava programa de PPPs do governo Alckmin

Compartilhe: Twitter

Os desdobramentos da Operação Lava Jato travaram o programa de Parcerias Público-Privadas do governo paulista, uma das principais frentes de investimentos da gestão do tucano Geraldo Alckmin.

Geraldo Alckmin (Foto: Ciete Silvério)

Geraldo Alckmin (Foto: Ciete Silvério)

De acordo com auxiliares do governador, grande parte das empresas envolvidas em grandes projetos da administração paulista mandou suspender os investimentos, por conta da devassa em contratos de empreiteiras ligadas ao esquema de desvios desvendado na Petrobras.

A negociação de novos projetos está ainda mais difícil. Segundo interlocutores de Alckmin, a ordem entre as principais empreiteiras do país é aguardar até que o ambiente político se acalme e as investigações avancem.

A saída encontrada por Alckmin foi pedir à equipe que dê prioridade aos projetos que se apoiam no modelo de concessões. Além disso, os principais auxiliares do governador foram orientados a correr atrás de financiamentos, apesar do ambiente econômico complicado.

A prioridade é tentar conseguir novas linhas de crédito junto a organismos internacionais, como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BIRD).

Leia mais: Veja outras notícias sobre a Operação Lava Jato

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 5 de março de 2015 Estados | 07:00

Azedo com Mercadante, PT prefere vê-lo na disputa pelo governo paulista

Compartilhe: Twitter
Aloizio Mercadante

Aloizio Mercadante

Todo mundo no PT sabe que paira sobre o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, a tese de que a candidatura presidencial poderia cair no seu colo em 2018, caso Lula fique fora do jogo. Mas no partido, que não anda lá muito feliz com o ministro, o discurso é de que o mais “razoável” seria tê-lo como candidato ao governo paulista.

A lista de presidenciáveis do PT, em tese, inclui também opções como o titular da Defesa, Jaques Wagner. Para colegas de partido, alguns fatores ajudariam a empurrar Mercadante para a corrida estadual.

Primeiro, o PT não quer nem ouvir falar em repetir a candidatura de Alexandre Padilha. Segundo, dada a expectativa de um cenário difícil para o governo federal nos próximos anos, o desempenho anterior do chefe da Casa Civil nas urnas paulistas seria uma garantia para atingir o patamar histórico do partido no estado. Mercadante superou 30% dos votos em 2006 e 2010. Na primeira, foi assim mesmo com todo o desgaste do escândalo dos aloprados.

Quem é próximo de Mercadante diz que ele dá de ombros. Diz que está muito feliz onde está e não quer nem saber de pensar em eleição.

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 Estados | 16:59

‘Tem muito tempo até lá’, diz Skaf sobre candidatura em 2016

Compartilhe: Twitter
Paulo Skaf (Foto: Divulgação)

Paulo Skaf (Foto: Divulgação)

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), fez tom de mistério, mas evitou polêmicas ao falar sobre seu plano eleitoral para 2016.

Após almoçar com o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), Skaf assegurou que a pauta eleitoral não fez parte do encontro.

Perguntado sobre seus planos, Skaf se esquivou. “Olha, tem tantos problemas para a gente pensar que sinceramente não pensei ainda sobre 2016. Tem muito tempo até lá”, desconversou ele.

Skaf e o correligionário Gabriel Chalita travam uma disputa de bastidores. Skaf deseja ser candidato a prefeito enquanto Chalita planeja ser vice na chapa de Fernando Haddad (PT).

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015 Estados | 13:33

Rollemberg faz discurso ambientalista para justificar alagamentos em Brasília

Compartilhe: Twitter
O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB). Foto: Alan Sampaio / iG Brasília

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB). Foto: Alan Sampaio / iG Brasília

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) tem recorrido ao discurso ambientalista para justificar os alagamentos já comuns durante as chuvas em Brasília. As obras do Setor Noroeste, bairro recém-construído de classe média alta e alvo de grande especulação imobiliária, é um dos exemplos criticados.

“Nós temos trombas d’águas que não tínhamos antes e o nível de impermeabilização da cidade aumentou. Isso é fruto, por exemplo, de obras como o Setor Noroeste, feitas sem o escoamento adequado”, critica Rollemberg. “Essas obras criaram um impacto muito grande em outras regiões do DF, como a Asa Norte, que precisaram de galerias pluviais muito maiores do que as que têm hoje”, completa.

Sob denúncias de corrupção e diversas críticas de ambientalistas e movimentos indígenas, a construção do bairro foi iniciada e interrompida durante o governo de José Roberto Arruda (PR) e depois concluída na gestão de Agnelo Queiroz (PT).

Assista: “Brasil vive apagão de gestão”, afirma governador do Distrito Federal

Autor: Tags: , , , , , , ,

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015 Estados | 13:30

Falta até papel higiênico no Palácio do Buriti

Compartilhe: Twitter
Palácio do Buriti, em Brasília. (Foto: Divulgação)

Palácio do Buriti, em Brasília. (Foto: Divulgação)

A crise que já atingiu salários e serviços públicos no Distrito Federal chegou até mesmo aos banheiros da administração do novo governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Nos últimos dias, servidores alocados no Palácio do Buriti, sede do governo local, reclamaram que falta até papel higiênico nos banheiros. Tiveram que trazer lencinhos umedecidos de casa.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 Estados | 15:00

Paulo Maluf dá conselhos a Marta Suplicy

Compartilhe: Twitter
O ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP). (Foto: Divulgação)

O ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP). (Foto: Divulgação)

Paulo Maluf, que já encarou uma eleição nada amigável com Marta Suplicy, se arrisca a dar alguns conselhos para a petista. Diante das especulações sobre a possível saída de Marta do partido, ele dispara: “Ela deveria se espelhar em mim. Veja só, eu estou há anos e anos no mesmo partido. Acho que se ela quer brigar, deve fazê-lo dentro do PT”, diz ele.

Nas últimas duas eleições, Maluf tirou foto ao lado de Fernando Haddad e Alexandre Padilha nas negociações de apoio do PP aos dois petistas, nas disputas para a prefeitura paulistana e o governo paulista. Agora, se Marta for a candidata em 2018 pelo PT, Maluf já não demonstra tanta certeza assim de que repetiria o gesto: “Ah, aí temos que pensar. Marta vai almoçar na minha casa com o Lula? O Haddad foi. Tem que pensar”.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

Estados | 06:00

‘Estamos montando uma operação de guerra’, diz secretário de Alckmin

Compartilhe: Twitter
Edson Aparecido, chefe da Casa Civil do governo Alckmin

Edson Aparecido, chefe da Casa Civil do governo Alckmin

O chefe da Casa Civil paulista, Edson Aparecido, afirma que o governo de Geraldo Alckmin está atuando em todas as frentes para minimizar o impacto da crise hídrica. O tucano insiste na tese de que a redução da pressão no fornecimento vem demonstrando resultados “positivos” e medidas mais intensas dependerão de fato das chuvas que vierem nos próximos três ou quatro meses.

“Nós estamos acelerando a obra na Billings, montamos um plano de contingência, aumentamos a fiscalização em indústrias e estamos atuando para legalizar ligações ilegais, como aquelas de produtores rurais. Melhoramos a comunicação e estamos mobilizando a população, que vem colaborando muito com esse cenário”, diz Aparecido. “Estamos montando uma operação de guerra”, emenda.

Autor: Tags: , , , , , ,

sábado, 31 de janeiro de 2015 Estados | 09:00

Governo Alckmin diz ver ‘terrorismo’ do PT e fala em dar ‘resposta política’

Compartilhe: Twitter

Nas conversas mantidas nos últimos dias, a equipe do governador Geraldo Alckmin reclamou da ação do PT e dos ataques da oposição por conta da crise hídrica. O governo discutiu a necessidade de dar uma “resposta política” ao que descreve como “terrorismo petista”.

A queixa versa, por exemplo, sobre a tese de que haverá a suspensão de aulas  na rede estadual de ensino, por conta dos problemas no abastecimento de água no estado.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. 20
  9. 30
  10. Última