Publicidade

Arquivo da Categoria Partidos

quinta-feira, 23 de outubro de 2014 Partidos | 06:00

João Vaccari tem lugar garantido na direção do PT

Compartilhe: Twitter

Embora tenha virado tema de muita especulação dentro do PT, o secretário de Finanças da legenda, João Vaccari Neto, permanecerá no comando partidário. A única chance de ele ser afastado do cargo é se forem apresentadas provas concretas de seu envolvimento no esquema de propina implantado na Petrobras, investigado pela Operação Lava-Jato da Polícia Federal.

João Vaccari (Foto: Agência Brasil)

João Vaccari (Foto: Agência Brasil)

“Hoje, estamos falando de acusações sem provas. Já deixamos claro que, se houver qualquer membro do PT implicada em irregularidades, será afastado.  Mas, primeiro, quem acusa tem que fornecer as provas”, diz o presidente nacional da legenda, Rui Falcão.

Ainda assim, parte do comando partidário admite que o desgaste tem sido grande desde que seu nome apareceu nos depoimentos de Paulo Roberto Costa à PF. Como adiantou o Poder Online, Vaccari já avisou aos correligionários que pretende pedir seu desligamento do Conselho de Administração de Itaipu.

Nas últimas semanas, o tesoureiro vem se mantendo praticamente recluso. O petista evita qualquer contato com a imprensa, embora sempre tenha sido avesso a entrevistas.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 20 de outubro de 2014 Partidos | 07:30

PT paulista fará balanço da derrota logo após segundo turno

Compartilhe: Twitter
Senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Foto: Divulgação

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP). Foto: Divulgação

Preocupado em não contaminar os ânimos na corrida presidencial, o PT paulista marcou para depois do segundo turno o balanço da derrota sofrida no maior colégio eleitoral do país, considerada desastrosa pela legenda. Uma reunião do diretório regional do partido deve ocorrer logo após a votação.

Além da decepção com o desempenho de Alexandre Padilha nas urnas, o PT viu a presidente Dilma Rousseff alcançar pouco mais da metade da votação do rival Aécio Neves. Ainda viu sua bancada federal cair de 16 para 10 cadeiras. E perdeu para o tucano José Serra a vaga até então ocupada por Eduardo Suplicy no Senado.

Leia também: Se depender do PT, Suplicy pode terminar na Câmara Municipal

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 26 de setembro de 2014 Partidos | 15:54

TSE faz último repasse do Fundo Partidário antes das eleições

Compartilhe: Twitter

Na última quinta-feira, os partidos receberam o último repasse garantido pelo Fundo Partidário até o primeiro turno destas eleições. Desde janeiro, R$ 231,1 milhões já migraram dos cofres públicos às organizações partidárias e mais R$ 82,3 milhões serão transferidos até dezembro.

Do total disponibilizado, 5% são distribuídos igualmente entre todos os partidos registrados e com prestação de contas regularizada junto à Justiça Eleitoral, enquanto 95% são repassados de acordo com a proporção de votos obtidos para a Câmara dos Deputados. Atualmente, o PT lidera a distribuição, seguido de PMDB e PSDB.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 19 de setembro de 2014 Partidos | 09:00

Mesmo expulso, Luiz Moura cola imagem ao PT

Compartilhe: Twitter
O site de Luiz Moura na internet (Reprodução)

O site de Luiz Moura na internet (Reprodução)

O PT não quer nem ouvir falar de Luiz Moura, mas a recíproca parece passar longe do deputado paulista, suspeito de envolvimento com o PCC.

O diretório estadual petista já expulsou o deputado, que tentou recorrer a instâncias superiores, mas já foi avisado de que qualquer tentativa de reverter a decisão será inócua.

Ainda assim, o site de Luiz Moura na internet ainda estampa por todos os lados as cores e a estrela do partido. Sem contar o domínio da página, que é luizmourapt.com.br.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 5 de agosto de 2014 Partidos | 06:00

‘É evidente que Dilma sabia’, diz Alvaro Dias, sobre farsa na CPI da Petrobras

Compartilhe: Twitter

O senador Alvaro Dias (PR), ex-líder do PSDB no Senado, diz que, para ele, é “evidente” que a presidente Dilma Rousseff tinha conhecimento sobre a operação por meio da qual depoentes na CPI da Petrobras teriam tido acesso prévio às perguntas que teriam de responder.

“É evidente (que Dilma sabia)”, disse o senador tucano. “Imagino que, neste caso, a presidente da República autorizou a estratégia”, emendou. O caso foi revelado no último fim de semana, pela revista Veja.

Assista:

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 Partidos | 12:00

Diretório do PT confirma expulsão de Luiz Moura

Compartilhe: Twitter

O diretório estadual do PT acaba de referendar a decisão tomada ontem pela executiva estadual do partido e bateu o martelo na expulsão do deputado estadual Luiz Moura. A decisão foi confirmada por unanimidade, segundo informaram ao Poder Online fontes que participam da reunião.

Luiz Moura (Foto: Divulgação)

Luiz Moura (Foto: Divulgação)

Moura bateu de frente com o comando partidário desde que foi suspenso do partido, diante da repercussão da notícia de que manteria um vínculo com o PCC. Após ser suspenso da legenda, em maio, ele passou a contestar internamente a decisão e recorreu à Justiça para tentar  concorrer a um novo mandato pelo PT na eleição deste ano.

O presidente estadual do PT, Emidio de Souza, já havia adiantado ao Poder Online que pediria a expulsão do deputado assim que se aproximasse o fim do prazo de suspensão, que era de 60 dias. Ontem, a executiva estadual petista confirmou a previsão e decidiu, também por unanimidade, propor a expulsão do deputado. Mas, para ter validade, a decisão precisava passar pelo crivo do diretório.

O PT considera a saída de Moura da legenda fundamental para enterrar o assunto e afastar ao máximo o caso da campanha de Alexandre Padilha ao governo de São Paulo. Embora não tenha relação com o ex-ministro da Saúde, o caso ajudou a aumentar o desgaste do PT no estado, justamente no momento em que Padilha se esforça para decolar nas pesquisas.

Na época em que o caso veio à tona, o partido recorreu a um mecanismo estatutário e optou pela suspensão de Moura para dar uma solução rápida ao caso. O procedimento padrão seria a instalação de uma Comissão de Ética, que envolveria a oitiva de testemunhas e o cumprimento de prazos para apresentação de defesa. Mas, ao contestar na Justiça a decisão, Moura deu mais exposição ao caso do que esperava a legenda, jogando toda a estratégia por terra.

Leia também: PT pedirá afastamento de Luiz Moura por acusação de elo com o PCC

Relembre o casoDeputado acusado de relação com PCC diz que só entrega mandato na Justiça

 

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 23 de julho de 2014 Partidos | 16:13

Partido Novo registra legenda hoje na Justiça eleitoral

Compartilhe: Twitter
O presidente distrital do Partido Novo, Cláudio Cavalcanti Barra. Foto: Divulgação

O presidente distrital do Partido Novo, Cláudio Cavalcanti Barra. Foto: Divulgação

O Partido Novo solicitará na tarde desta quarta-feira o registro da legenda junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Entre as principais bandeiras do grupo estão o fim do voto obrigatório e a extinção do fundo partidário – com apoio ao financiamento exclusivamente privado de campanha.

De acordo com o presidente do diretório distrital do partido, Cláudio Cavalcanti Barra (foto), a escolha do momento eleitoral para registrar o partido diferencia a futura legenda dos demais partidos. “Nossa lógica é completamente diferente. Não seguimos o cronograma nacional, pois não estamos interessados no troca-troca de cargos e partidos. Queremos atrair cidadãos comuns”, diz Barra.

O partido já obteve as cerca de 500 mil assinaturas necessárias e possui nove diretórios regionais constituídos – São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Caso o registro seja aceito, o presidente do Partido Novo será o engenheiro e executivo João Dionísio Amoedo.

Leia mais: Pirata, Militar, Novo e Arena tentam virar partidos políticos no Brasil

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 18 de julho de 2014 Partidos | 09:00

Funcionários do comitê de Dilma querem Lula

Compartilhe: Twitter
O ex-presidente Lula (Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula)

O ex-presidente Lula (Foto: Heinrich Aikawa/Instituto Lula)

As poucas vezes em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu as caras no comitê da campanha da presidente Dilma Rousseff viraram motivo de comentários dos funcionários.

Quem está por lá todos os dias diz c0ntar só duas vezes em que Lula foi visto por ali. Em geral, os relatos partem de funcionários ligados ao transporte e ao controle de acesso ao prédio.

Eles juram que tudo foi muito discreto. Nada de circular pelos corredores, nem posar para fotos com funcionários.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 3 de julho de 2014 Partidos | 07:30

De olho nas eleições, PSB amplia espaço para jovens na direção

Compartilhe: Twitter
Selfie da JSB com o presidenciável Eduardo Campos. (Foto: Reprodução Facebook)

Selfie da JSB com o presidenciável Eduardo Campos. (Foto: Reprodução Facebook)

Como parte da estratégia de Eduardo Campos para atrair o eleitorado jovem nestas eleições, o PSB ampliou a participação da juventude no seu diretório nacional.

Ao contrário da última composição, desta vez foram eleitos mais jovens para a direção do partido, além da cadeira reservada ao Secretário de Juventude.

Ao todo, serão quatro os representantes do segmento que integrarão a direção pelos próximos três anos: o secretário da Juventude Socialista Brasileira, Tony Sechi (RS), e os militantes Sérgio Cardoso (AM), Bruno da Mata (BA) e Raphael Sebba (DF).

“O novo não se faz só com palavras, se faz com ações. A partir do momento que você contempla no centro da direção do partido quatro jovens que formulam e que vivenciam a militância das ruas no dia a dia, isso potencializa o caráter de novidade e o potencial transformador do PSB”, defendeu Sebba, que também é candidato a deputado federal.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 10 de junho de 2014 Partidos | 16:30

Até Joaquim Barbosa é sugerido para disputar 2018 pelo PMDB

Compartilhe: Twitter
Joaquim Barbosa

Joaquim Barbosa

Se o clima geral da convenção do PMDB era de apoio à aliança para tentar reeleger a presidente Dilma Rousseff, a maioria dos discursos já falava também num possível voo solo em 2018.

Entre as divagações, até o nome do ministro do STF Joaquim Barbosa chegou a ser sugerido, pelo peemedebista mineiro Geraldo Sette. De quebra, Sette ainda pediu a aprovação de uma moção de apoio do PMDB ao ministro, pelo julgamento do mensalão.

Leia também: Joaquim Barbosa ainda não formalizou pedido de aposentadoria

“Joaquim Barbosa, ao lado do vice-presidente Michel Temer e dos senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Pedro Simon (PMDB-RS), é uma das quatro reservas morais deste país”, afirmou.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 21
  5. 22
  6. 23
  7. 24
  8. 25
  9. 30
  10. 40
  11. 50
  12. Última