Publicidade

Arquivo da Categoria Sem categoria

sábado, 19 de dezembro de 2015 Congresso, Sem categoria | 06:00

Como último ato do ano, Cunha tentará anular investigação do Conselho de Ética

Compartilhe: Twitter

 

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) (Agência Brasil)

Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) (Abr)

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), planeja, como último ato de 2015, reverter a decisão tomada pelo Conselho de Ética da Câmara de abrir investigação contra ele, por quebra decoro parlamentar.

A decisão foi tomada no início da semana, com a aprovação do relatório apresentado pelo deputado Marcos Rogério (PDB-RO), pedindo a continuidade do processo, na oitava sessão do conselho destinada a abertura do processo contra Cunha.

Cunha chamou reunião de líderes para a próxima segunda-feira (21) e já arregimentou seus defensores com o objetivo de garantir quorum para deliberação na CCJ.

Para derrubar a decisão do Conselho de Ética, Cunha já conta a disposição do presidente da CCJ, deputado Artur Lira (PP-AL), seu aliado, que criticou a condução do deputado José Carlos Araújo (PSD-SE), dizendo que o Conselho errou ao não conceder vistas aos deputados que formam a tropa de choque do presidente da Câmara.

O recurso contra a decisão do Conselho foi apresentado pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS) e será relatado por Elmar Nascimento (DEM-BA).

A continuidade dos trabalhos legislativos é mais um ato de Cunha com o objetivo de reverter decisões contrárias a ele e reforçam a tese defendida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que, ao pedir o afastamento de Cunha do cargo de deputado, alega que ele usa seu mandato e a posição de presidente da Casa para impedir o andamento das investigações. O pedido feito por Janot só será julgado em fevereiro.

Como estratégia, o Planalto espera não dar quorum na semana que vem, embora a orientação seja para que os deputados aliados estejam em Brasília na semana do Natal. Caso Cunha consiga juntar seus cerca de 200 apoiadores na  Câmara, será necessária uma estratégia rápida para derrubar a proposta diante da presença dos deputados fieis a Cunha.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015 Política, Sem categoria | 10:58

Advogado de Cunha já é tratado como “membro” do Conselho de Ética da Câmara

Compartilhe: Twitter

Depois da sexta sessão sem votar o relatório que pede investigações por quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o advogado de Cunha, Marcelo Nobre, já está sendo tratado como “membro” do Conselho de Ética da Câmara.

A reverência foi feita pelo presidente do Conselho, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), nesta quinta-feira (10), ao convocar sessões para a próxima semana.

Todos os sucessivos adiamentos ocorreram devido a manobras arquitetadas por Cunha com o objetivo de impedir que o processo se desenrole.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015 Política, Sem categoria | 14:22

Dilma quer conversa “cara a cara” com Eliseu Padilha

Compartilhe: Twitter
O ministro Eliseu Padilha. (Foto: Agência Brasil)

O ministro Eliseu Padilha. (Foto: Agência Brasil)

A presidente Dilma Rousseff espera uma conversa “cara a cara” com o ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha (PMDB-RS), mas ele preferiu não colocar os pés no Gabinete Presidencial por enquanto e  convocou uma coletiva na sede do PMDB, no Congresso Nacional, para explicar sua decisão de sair do governo, tomada na semana passada.

Padilha foi recebido nesta tarde pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, que ainda tenta reverter a decisão de saída envolta em um clima de rompimento com o governo, diante do clima de desconfiança em relação ao impeachment.

Entre os argumentos de Wagner para ainda manter o peemedebista no governo está o de que Dilma fez um esforço muito grande para mantê-lo no governo na última reforma ministerial, apesar das reclamações da própria bancada do PMDB de que ele não teria votos suficientes que o cacifasse como ministros e não representava a bancada.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 Sem categoria | 15:53

Para petistas, Temer “saliva” mais por impeachment que Aécio

Compartilhe: Twitter
O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). Foto: Agência Brasil

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB). Foto: Agência Brasil

Embora o governo insista em dar a Temer a credibilidade esperada de um vice-presidente, petistas da Câmara se dizem reticentes com o comportamento do vice, considerado altamente suspeito de traição.

Nos bastidores, um petista graúdo fez um paralelo entre Temer e o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, que tem adotado um comportamento de apoio mais “sóbrio” ao impeachment.

Na opinião do deputado do PT, só há uma pessoa que “saliva” mais pelo impeachment que Aécio: o vice.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 26 de novembro de 2015 Política, Sem categoria | 18:27

“Parecia um velório”, diz Marun sobre sessão que confirmou prisão de Delcídio

Compartilhe: Twitter

O deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS)

Adversário político do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), o deputado Carlos Marum (PDMB-MS) esteve na sessão do Senado que confirmou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que prender o petista e comentou: “Parecia um velório. e, de certa forma, era. Nós políticos temos duas vidas”, observou o parlamentar.

Em seguida, para recuperar o otimismo em relação ao seu antagonista, o deputado recorreu a uma frase do estadista conservador britânico Winston Churchill, primeiro ministro do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial.

“A política é tão excitante quanto a guerra,com a diferença que na guerra você pe morto apenas uma vez e na política você morre e ressucita várias vezes”, citou o deputado.

Por 59 votos a 13, o Senado acatou na noite de quarta-feira a prisão preventiva do senador determinada pelo STF. Delcídio foi o primeiro senador a ser preso em pleno exercício do mandato. “Acho que o flagrante era questionável. O Senado não julgou a prisão, julgou as acusações”, considerou Marun.

 

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 5 de outubro de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política, Sem categoria | 19:08

Pedido de afastamento de Nardes lista reunião com defensores de impeachment

Compartilhe: Twitter
Ministros questionam legitimidade de relator das contas do governo de 2014 (Agência Brasil)

Ministros questionam legitimidade de relator das contas do governo de 2014 (Agência Brasil)

O pedido de afastamento do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, da relatoria das contas do governo de 2014, aponta uma reunião do ministro com o grupo de defensores do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara.

Além disso, o documento, protocolado no início desta noite, indica como referência, o episódio no qual o então ministro do  TCU, Lincoln Magalhães da Rocha, foi forçado a renunciar à relatoria da representação que pede a exoneração de parentes de deputados que foram contratados para a Câmara sem concurso público, em 2005.

Na época, o questionamento partiu do Ministério Público Federal depois que o ministro concedeu uma entrevista a um jornal dando a entender que iria rejeitar o pedido sob o argumento de que exonerar os parentes “discriminaria a família legalmente constituída”.

 

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 17 de setembro de 2015 Governo, Sem categoria | 20:47

Adams deixará AGU após julgamento no TCU e Beto Vasconcelos deve assumir o cargo

Compartilhe: Twitter
Luís Inácio Adams (Foto: ABr)

Luís Inácio Adams (Foto: ABr)

O chefe da Advocacia Geral da União (AGU), Luís Inácio Adams, deverá deixar o governo tão logo termine a defesa das contas da presidente Dilma Rousseff, no Tribunal de Contas da União (TCU), no processo que trata das chamadas “pedaladas fiscais”.

Adams já comunicou ao Planalto que está cansado e sua intenção de sair.

Caso as contas do governo em 2014 sejam reprovadas pelo órgão, o governo pretende recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF). No entanto, o recurso já deverá ser apresentado pelo substituto de Adams na função.

O nome pensado pela presidente é o de Beto Vasconcelos, atual chefe da Secretaria Nacional de Justiça, do Ministério da Justiça.

Adams ocupa a AGU desde 2009 e chegou a esperar uma indicação da presidente para um vaga no Supremo, o que não ocorreu. Vasconcelos também chegou a ser cotado para ser indicado por Dilma para a vaga, atualmente ocupada pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Além disso, a AGU deverá perder os status de ministério na reforma que a presidente deverá anunciar na próxima semana. O governo estuda fazer o mesmo com outros órgãos de assessoramento como a Controladoria Geral da União (CGU), hoje comandada pelo ministro Valdir Simão, e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), dirigido pelo general José Elito.

 

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 Política, Sem categoria | 15:11

Candidatura de Ciro para 2018 é anunciada durante filiação

Compartilhe: Twitter

imageAo fazer o discurso de boas vindas para-o ex-ministro Ciro Gomes ao PDT, o prefeito de Natal, Carlos  Eduardo,  acabou se empolgando e convocando os pedetistas a se envolverem na candidatura de Ciro, à Presidência da Republica, em 2018.

“A partir de agora temos uma liderança nacional. Vamos fazer de Ciro Gomes presidente da Republica em 2018”, disse o prefeito arrancando palmas empolgadas da plateia. em seguida, o prefeito se arrependeu do anúncio.

“Acho que estou falando um pouco demais”, disse o prefeito, diante dos olhares de reprovação do presidente da legenda, Carlos Lupi, que tinha combinado não falar em candidatura.

Lupi o repreendeu ao pé do ouvido: “Não era para falar agora”, disse Lupi.

“Não era, eu sei, mas saiu”, respondeu o prefeito.

 

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política, Sem categoria | 16:45

Oposição lança movimento pelo impeachment de Dilma

Compartilhe: Twitter

A oposição na Câmara prepara para esta quinta-feira (10) um ato para lançar um movimento suprapartidário pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. O grupo de deputados pretende basear seus argumentos no pedido de impeachment apresentado, na semana passada, pelo jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT.

O ato está marcado para 11 horas, na Câmara e reúne deputados do PSDB, DEM, PPS e SD, entre outros partidos. Os tucanos enfatizam que não lideram o movimento.

Além do ato, o grupo de deputados dará início à coleta de assinaturas pela internet pedindo a saída da presidente.

A ideia inicial era de formar uma frente parlamentar, no entanto, o grupo decidiu por uma ação menos formal, ou seja, um movimento, capaz de abarcar outras formas de apoio além da política.

Inicialmente, surgiu a ideia de também assinarem o pedido apresentado por Bicudo, no entanto prevaleceu a tese, defendida pelos tucanos, de que o pedido deveria seguir puro, sem assinaturas da oposição, e com a carga simbólica de ter sido apresentado por um fundador do partido da presidente.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 30 de junho de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política, Sem categoria | 14:43

Sarney diz a Lula que ele tem que palpitar

Compartilhe: Twitter
Sarney: "Lula tem que palpitar"

Sarney: “Lula tem que palpitar”

Em uma postura mais conciliadora, bem distante das críticas que vinha fazendo à política econômica, e em meio a “ressaca” após o vazamento das críticas que comparavam a presidente Dilma Rousseff ao “volume morto” do Sistema Cantareira,  o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confidenciou aos peemedebistas que iria parar de dar palpite no governo.

Prontamente, o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP), que participou do café da manhã na casa do presidente do Senado, Renan Calheiros (PDMB-AL) reagiu, pedindo a palavra. Sarney olhou nos olhos de Lula e defendeu que ele tem que palpitar.

“Você é a maior liderança política deste país na atualidade. Tem que palpitar sim”, defendeu Sarney.

Do café da manhã com Lula participaram, além de Sarney e o anfitrião, os senadores, Romero Jucá (PMDB-RR), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Jorge Viana (PT-AC) e Delcídio Amaral (PT-MS).

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última