Publicidade

Arquivo da Categoria Sem categoria

sábado, 27 de outubro de 2012 Cidades, Congresso, Sem categoria | 11:00

PAC do entorno – 2

Compartilhe: Twitter

Um dos articuladores do plano de segurança, o deputado João Campos (PSDB-GO) diz que o convênio do PAC do entorno está há meses parado e ainda não foi assinado por falta de decisão política do Palácio do Planalto.

Campos é autor da PEC 170, que prevê destinação, para o programa, de 10% do Fundo Constitucional do Distrito Federal (um total de R$ 10, 694 bilhões previstos para 2013). Ele diz que aceitaria colocar seu projeto numa negociação que resultasse num plano concreto e permanente para os municípios goianos do entorno.

Pelo convênio, a polícia do Distrito Federal teria carta branca para agir nos municípios goianos no combate ao crime. O sinal amarelo foi aceso no Planalto há um mês, quando bandidos goianos sequestraram um diplomata italiano no Plano Piloto de Brasília.

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Sem categoria | 09:00

Problemas de Lula no Norte do País

Compartilhe: Twitter

Cabo eleitoral do PSOL em Belém neste segundo turno, Lula é alvo de ataques do partido em Macapá.

Na capital do Pará, o ex-presidente pede votos para Edmilson Rodrigues na disputa contra o tucano Zenaldo Coutinho. Isso, apesar da resistência de setores do PSOL, que não engolem o apoio do líder petista.

Problema maior é em Macapá, onde o PT, no segundo turno, fechou com o atual prefeito Roberto Góes (PDT) contra Clécio Luís (PSOL).

Resultado: aliados de Clécio têm divulgado um discurso de Lula em que, em 2010, ele criticava “bandidos” presos pela Polícia Federal na Operação Mãos Limpas. Góes foi um dos que foram para a cadeia.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 24 de outubro de 2012 Sem categoria | 07:30

Condenações tiram mandato de Genoino

Compartilhe: Twitter

As decisões do Supremo Tribunal Federal tiram de José Genoino a possibilidade de assumir, em janeiro, uma vaga de deputado federal. Como segundo suplente da coligação, ele assumiria a cadeira que será deixada pelo deputado Carlinhos de Almeida, eleito prefeito de São José dos Campos. A vaga deve ficar com a terceira suplente, Iara Bernardes.

Condenado por corrupção e formação de quadrilha, o ex-guerrilheiro do Araguaia trava agora uma batalha para evitar a prisão, o que seria a pá de cal em sua agonizante carreira política. Há duas semanas ele se viu obrigado a renunciar o cargo de assessor especial do Ministério da Defesa.

Seu destino, assim como o de outros deputados condenados pelo STF – João Paulo Cunha (PT-SP), Pedro Henry (PP-MT) e Valdemar da Costa Neto (PR-SP) – dependerá ainda de decisão do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS).

Maia já avisou que submeterá ao plenário a cassação dos mandatos, mesmo que o Supremo mande executar as decisões imediatamente, como querem o procurador Roberto Gurgel e alguns ministros. O caso deve gerar o primeiro conflito entre Legislativo e o Judiciário.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 23 de outubro de 2012 Sem categoria | 15:00

A fusão e as estrelas do PSD

Compartilhe: Twitter

A proposta de fusão entre PSB e PSD, detalhada em nota anterior, esbarraria na pretensão de outras duas estrelas do PSD, o prefeito Gilberto Kassab e a senadora Kátia Abreu. A senadora tem dito que não disputará o governo de Tocantins em 2014, mas quer um ministério na provável reforma de janeiro como trampolim para uma eventual candidatura à Presidência em 2018. Teria sido essa a razão da leveza de suas críticas aos vetos de Dilma Rousseff ao projeto do novo Código Florestal. Kátia é uma das estrelas da bancada ruralista no Congresso.

Autor: Tags: , , , ,

Sem categoria | 10:30

‘Blocão’ liderado por PSB na briga pela presidência da Câmara

Compartilhe: Twitter

O deputado Julio Delgado (PSB-MG) não está nem um pouquinho preocupado com o acordo entre PT e PMDB em torno da presidência da Câmara. Está em plena campanha por sua candidatura ao cargo.
Aposta num acordo com o PSD, o que daria ao provável futuro bloco uma frente de 91 deputados, número maior do que têm, separadamente, as bancadas do PT (88) e do PMDB (78). Os dois partidos querem manter o rodízio na presidência firmado depois das eleições de 2010.
“A hegemonia (PT/PMDB) é perigosa e perniciosa. Estamos construindo uma performance para concretizar uma grande aliança”, diz Delgado.
O deputado estima que o “blocão” poderá contar com a participação de outros partidos e com dissidentes do PT e do PMDB. Ele tem pedido votos em troca da promessa de cargos na Mesa Diretora conforme o tamanho das bancadas.
O líder do PSD na Câmara, Guilherme Campos (SP), acha que Delgado é um bom nome, mas prefere esperar o resultado do segundo turno para discutir um eventual acordo para formação do bloco. “Vamos ver primeiro o que dizem as urnas”, afirma.

Autor: Tags: ,

domingo, 21 de outubro de 2012 Sem categoria | 23:00

Sem privacidade

Compartilhe: Twitter

Publicado pelo Senado, o livro ‘Registros de um pensar sobre a democracia’, que reúne o conteúdo de um ciclo de palestras, deixou muita gente exposta: 68 das suas 197 páginas reproduzem formulários de avaliação que trazem nomes, telefones e emails dos participantes do encontro.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 15 de outubro de 2012 Sem categoria | 05:01

Em Goiás, escândalo do Cachoeira doeu como um Mensalão

Compartilhe: Twitter

O PT tentará se vingar do julgamento do Mensalão batendo o bumbo no Mensalão do PSDB — que foi o envolvimento anterior de Marcos Valério na eleição do ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB).

Mas nestas eleições o escândalo que pesou como um Mensalão para o PSDB foi em Goiás: a prisão do bicheiro Carlinhos Cachoeira, acusado de envolvimento com o governador Marconi Perillo (PSDB), e a cassação do senador Demóstenes Torres (DEM).

PT e PMDB, juntos, obtiveram cerca de 3,2 milhões de votos no Estado, contra 2 milhões dos aliados de Marconi.

O PMDB fez 58 prefeitos. E o PSDB, que já teve 88, elegeu apenas 52. As três maiores cidades do Estado – Goiânia, Aparecida de Goiás e Anápolis – ficaram para prefeitos da oposição. E até o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO), antes aliado de carteirinha do governo local, subiu no muro. Apoiou prefeitos com perfil oposicionista.

Autor: Tags:

quarta-feira, 10 de outubro de 2012 Sem categoria | 12:03

Com melhora da voz, Lula retoma agenda de palestras remuneradas

Compartilhe: Twitter

Com a melhora progressiva de sua voz depois do tratamento para combater o câncer na laringe, Lula vem retomando seu circuito de palestras remuneradas.

Em sua passagem pelo México, em setembro, ele fez uma e em sua passagem pela Argentina, na semana que vem, já marcou outra.

O ex-presidente falará para empresários do Idea.

Lula também almoçará com a presidenta Cristina Kirchner.

Autor: Tags: , ,

domingo, 7 de outubro de 2012 Eleições, Sem categoria | 16:31

Roseana vota sob labirintite

Compartilhe: Twitter

A governador do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), votou sob sintomas causados pelo quadro de Síndrome Vestibular Periférica Aguda.

Em outras palavras: labirintite.

Tem até laudo médico no release enviado pela Secretaria de Comunicação do governo do Estado à imprensa local:

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 4 de outubro de 2012 Sem categoria | 16:56

Diagnóstico de coordenador de Russomanno para queda: ataque conjunto e “mentiras de Haddad”

Compartilhe: Twitter

Além de culpar a combinação de ataques feitos por todos os adversários, Marcos Pereira (PRB), coordenador da campanha de Celso Russomanno, reconhece que um argumento petista causou estrago na candidatura do PRB.

Pereira faz as contas e diz que Russomanno recebe 56 minutos de ataques por dia no horário eleitoral e tem somente quatro minutos para responder, considerando os tempos da tarde e noite.

Mas o coordenador de Russomanno considera que as inserções ao longo da programação fazem ainda mais estrago e cita a campanha específica de Fernando Haddad (PT).

— Essas mentiras que o Haddad está colocando sobre o bilhete único tem assustado as pessoas — diagnosticou Pereira.

Fora o “movimento 10”, programado para este sábado, o comitê admite que não há mais muito o que fazer para frear a queda antes do segundo turno.

Autor: Tags: , , , , ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. Última