Publicidade

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 Congresso | 16:42

Deputados do PSOL cobram explicação de Cleber Verde sobre veto na TV Câmara

Compartilhe: Twitter
O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente. (Foto: Divulgação)

O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente. (Foto: Divulgação)

Os deputados do PSOL marcaram uma reunião na tarde desta quarta-feira (16) para cobrar explicações do secretário de Comunicação da Câmara, deputado Cleber Verde (PRB-MA), sobre as suspeitas de veto a parlamentares do partido e outros deputados críticos ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nos veículos de comunicação da Câmara.

Os parlamentares pretendem, no encontro, entregar um documento formal de repúdio à censura que teria sido praticada durante a sessão solene de comemoração dos 10 anos do partido, na última terça-feira.

Contrariando a regra até então adotada pela TV Câmara, a sessão não foi transmitida, dando lugar a uma programação gravada de uma das comissões da Casa.

O encontro está marcado para as 17h30.

Autor: Tags: , , ,

Política, Sem categoria | 15:11

Candidatura de Ciro para 2018 é anunciada durante filiação

Compartilhe: Twitter

imageAo fazer o discurso de boas vindas para-o ex-ministro Ciro Gomes ao PDT, o prefeito de Natal, Carlos  Eduardo,  acabou se empolgando e convocando os pedetistas a se envolverem na candidatura de Ciro, à Presidência da Republica, em 2018.

“A partir de agora temos uma liderança nacional. Vamos fazer de Ciro Gomes presidente da Republica em 2018”, disse o prefeito arrancando palmas empolgadas da plateia. em seguida, o prefeito se arrependeu do anúncio.

“Acho que estou falando um pouco demais”, disse o prefeito, diante dos olhares de reprovação do presidente da legenda, Carlos Lupi, que tinha combinado não falar em candidatura.

Lupi o repreendeu ao pé do ouvido: “Não era para falar agora”, disse Lupi.

“Não era, eu sei, mas saiu”, respondeu o prefeito.

 

Autor: Tags: ,

terça-feira, 15 de setembro de 2015 Congresso, Justiça | 19:40

Funcionários da TV Câmara aplaudem discurso de Chico Alencar contra censura

Compartilhe: Twitter
Deputado Federal Chico Alencar (PSOL-RJ)

Deputado Federal Chico Alencar (PSOL-RJ)

O deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), que seria um dos “vetados” pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ,) nos veículos de comunicação da Câmara, subiu a tribuna, às 18h25 de terça-feira (14), para repudiar a decisão de não transmissão da sessão solene de comemoração dos 10 anos do partido.

Na redação, servidores da TV Câmara aplaudiram o discurso no momento em que o parlamentar disse que os funcionários da TV Câmara estão se sentindo “obrigados a praticar censura com a qual não concordam” e que o veículo deveria ser, acima de tudo, “suprapartidário”.

O PSOL acusa Cunha de ter censurado a exibição da sessão, ocorrida pela manhã. A sessão seria transmitida pela TV Câmara e acabou  substituída por uma reprise de uma das reuniões de comissões da Casa.
Autor: Tags: , , ,

Congresso, Governo, Partidos, Política | 12:28

Defesa de Dilma por líder do PMDB é fruto de articulação de Giles

Compartilhe: Twitter
Assessor pessoal da presidente Dilma Rousseff, Giles Azevedo costurou apoio de peemedebistas rebeldes

Assessor pessoal da presidente Dilma Rousseff, Giles Azevedo costurou apoio de peemedebistas rebeldes (foto: PR)

Apesar de ter sido um dos motivos do desconforto do vice-presidente Michel Temer com a presidente Dilma Rousseff, há cerca de um mês, as articulações do assessor especial da presidente, Giles Azevedo, tem começado a dar resultados, de acordo com interlocutores do governo.

Se há sinceridade na postura recente de Picciani, o governo terá que esperar para conferir. Um sinal observado por auxiliares de Dilma foi a fala do líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani, em apoio à permanência de Dilma no cargo em ato de apoio a Dilma nesta terça-feira.

“Eu tenho a percepção, que é a percepção corrente no PMDB, que a eleição se disputa até o fim do dia do pleito. Depois disso, tem que respeitar o resultado das urnas”, disse o peemedebista, que lidera a bancada da Câmara, rebelde à aliança com o Planalto.

O deputado é aliado de primeira hora do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que anunciou rompimento com Dilma em julho, durante o recesso.

O pai do deputado, Jorge Picciani, que preside o PMDB do Rio de Janeiro, foram recebidos no Planalto em uma articulação que contou, além de Giles, com a contribuição do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, movimentação que teria deixado Temer enciumado.

Pai e filho tinham sido responsáveis, na eleição, pela montagem do palanque do senador Aécio Neves (PSDB-MG), no Rio.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 14 de setembro de 2015 Governo, Política | 13:45

Katia Abreu desfalca viagem à Rússia após machucar o pé

Compartilhe: Twitter
Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Pablo Valadares / Agência Senado

Senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Foto: Pablo Valadares / Agência Senado

A ministra da Agricultura, Katia Abreu, acabou desfalcando o grupo de ministro do PMDB que acompanha o vice-presidente Michel Temer, em sua viagem à Russia nesta semana.A ministra torceu o tornozelo e precisou imobilizar o pé.

Acompanham Temer na viagem os ministros Eduardo Braga (Minas e Energia), Edinho Araujo (Portos), Henrique Eduardo Alves (Turismo), Helder Barbalho (Pesca) e Eliseu Padilha (Aviação Civil). O único petista da comitiva é o ministro da Defesa, Jaques Wagner.

Autor: Tags: ,

quarta-feira, 9 de setembro de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 19:33

Com cortes no Minha Casa, Minha Vida, governo troca lançamento por reuniões fechadas

Compartilhe: Twitter
Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Gilberto Kassab (Foto: Agência Brasil)

Com a perspectiva de ter que adequar os investimentos em programas sociais à realidade orçamentária difícil do próximo ano, o governo apresentará uma proposta mais modesta para a terceira fase do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Os números ainda estão mantidos em sigilo, no entanto, integrantes do governo já admitem que a proposta inicial de lançar mais 3 milhões de unidades a serem entregues até 2018 acabou sendo revisada. Representantes do setor e de movimentos sociais também já foram avisados do corte no programa.

Diante do enxugamento, o Planalto também decidiu substituir a cerimônia de lançamento da terceira fase do programa, prevista para quinta-feira (10), por um anúncio bem mais discreto.

Com a presença da presidente Dilma Rousseff, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, explicará o programa em reuniões fechadas, primeiramente com representantes dos movimentos sociais, depois, com empresários do setor da construção civil. Kassab foi convocado a explicará as mudanças feitas na proposta original e os motivos destas mudanças.

Somente após estas reuniões, marcadas para a parte da tarde, no Palácio do Planalto, é que o ministro deve dar uma entrevista falando sobre o projeto.

Nesta quarta-feira, Kassab e integrantes de sua equipe passaram a manhã em reunião no Planalto, acertando os detalhes. No entanto, o ministro não conseguiu convencer que o lançamento merecia a pompa costumeira das agendas positivas.

No Planalto, o ministro das Cidades conversou com o chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, depois foi chamado ao gabinete presidencial para pela presidente Dilma Rousseff.

 

Autor: Tags: , , ,

Brasil, Congresso, Justiça | 17:52

Cristovam Buarque pede a Renan prioridade para propostas sugeridas pela Lava Jato

Compartilhe: Twitter
Senador Cristovam Buarque (PDT-DF) adotou duas propostas de combate a corrupção sugeridas pelos procuradores da Operação Lava Jato

Senador Cristovam Buarque (PDT-DF) adotou duas propostas de combate a corrupção sugeridas pelos procuradores da Operação Lava Jato

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) apresentou nesta quarta-feira (9) dois projetos de lei sugeridos pelos procuradores da Operação Lava Jato, com o objetivo de combater a corrupção.

Buarque quer que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), inclua as propostas na chamada Agenda Brasil, conjunto de prioridades elencadas pelo peemedebista para as votações do senado até o final deste ano.

Uma das propostas apresentadas estabelece multa para instituições financeiras que dificultarem o acesso a dados de clientes investigados e que tiveram seus sigilos constitucionais quebrados pela Justiça.

Outra modifica o Código de Processo Penal, para que se possa utilizar o instrumento da prisão preventiva com o objetivo de evitar a dissipação de dinheiro desviado enquanto a investigação acontece.

“São medidas indispensáveis para blindar o desenvolvimento econômico e social que o Brasil busca e merece. O objetivo é integrar esses projetos à Agenda Brasil”, sugeriu o senador, ao justificar a proposta.

Renan é um dos investigados pela operação.

As duas propostas fazem parte do pacote de 19 anteprojetos de Lei apresentados aos senadores pelo grupo do Ministério Público Federal liderado pelo procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato.

Autor: Tags: , , , ,

Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política, Sem categoria | 16:45

Oposição lança movimento pelo impeachment de Dilma

Compartilhe: Twitter

A oposição na Câmara prepara para esta quinta-feira (10) um ato para lançar um movimento suprapartidário pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. O grupo de deputados pretende basear seus argumentos no pedido de impeachment apresentado, na semana passada, pelo jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT.

O ato está marcado para 11 horas, na Câmara e reúne deputados do PSDB, DEM, PPS e SD, entre outros partidos. Os tucanos enfatizam que não lideram o movimento.

Além do ato, o grupo de deputados dará início à coleta de assinaturas pela internet pedindo a saída da presidente.

A ideia inicial era de formar uma frente parlamentar, no entanto, o grupo decidiu por uma ação menos formal, ou seja, um movimento, capaz de abarcar outras formas de apoio além da política.

Inicialmente, surgiu a ideia de também assinarem o pedido apresentado por Bicudo, no entanto prevaleceu a tese, defendida pelos tucanos, de que o pedido deveria seguir puro, sem assinaturas da oposição, e com a carga simbólica de ter sido apresentado por um fundador do partido da presidente.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 7 de setembro de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 10:51

Ministros do PMDB não comparecem a desfile de Sete de Setembro

Compartilhe: Twitter

Desfile de Sete de Setembro -  Agência BrasilEm meio aos rumores de conspiração e de afastamento do PMDB da presidente Dilma Rousseff, a ausência dos ministros peemedebistas no palanque das autoridades, neste Sete de Setembro, não passou despercebida.

O único peemedebista presente no desfile de sete de setembro foi o vice-presidente Michel Temer, um dia depois de divulgar nota negando a tese de que age nas sombras contra a presidente.

Além de Temer, que anunciou deixar parte da Articulação Política no mês passado, o PMDB comanda mais cinco pastas na Esplanada, com Kátia Abreu, na Agricultura; Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia; Helder Barbalho, na Pesca; Eliseu Padilha, na Secretaria de Aviação civil; Edinho Araujo, na Secretaria de Portos, e Henrique Eduardo Alves, no Ministério do Turismo.

Estiveram presentes os ministros petistas José Eduardo Cardozo (Justiça), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Miguel Rosseto (Secretaria Geral), Edinho Silva (Comunicação Social), Tereza Campello (Desenvolvimento Social), Luís Inácio Adams (Advocacia Geral da União), Pepe Vargas (Direitos Humanos), Ricardo Berzoini (Comunicações), e Carlos Gabas (Previdencia), além de Mauro Vieira (Itamaraty),  Gilberto Kassab (Cidades), do PSD, e Renato Janine Ribeiro (Educação).

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 1 de setembro de 2015 Brasil, Justiça, Partidos, Política | 19:16

Aécio quer expulsão de advogado que ameaçou Dilma

Compartilhe: Twitter
Aécio Neves (foto: Agência Senado)

Aécio Neves (foto: Agência Senado)

O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, considerou que as ameaças feitas pelo advogado Matheus Sathler Garcia à presidente Dilma Rousseff são “manifestações violentas” e que não condizem com o pensamento dos tucanos.

O senador informou que vai solicitar ao Conselho de Ética do PSDB a abertura de processo disciplinar contra o advogado, que foi candidato a deputado federal pelo PSDB, em 2014. O objetivo do processo, de acordo com o senador, é de expulsá-lo do PSDB.

“As recentes manifestações de Sathler contra a presidente Dilma Rousseff não condizem com o que prega o programa do PSDB nem estão em sintonia com o que espera de um filiado do partido”, enfatizou Aécio.

O advogado será investigado pela Polícia Federal por ter divulgado um vídeo no qual ameaçava cortar a cabeça da presidente Dilma Rousseff no próximo dia 7 de setembro.

O vídeo com ameaças à Dilma foi postado no Youtube, no último 25 de agosto. O advogado começa sua fala afirmando que daria um recado à “presidanta” Dilma Rousseff”.

“No dia 7 de Setembro a gente não vai pacificamente para as ruas. Vamos, juntamente com a as forças armadas populares do Brasil, te tirar do poder. Com a foice e o martelo nós vamos arrancar a sua cabeça. Aqui não é ameaça, nem aviso. Porque quando o povo agir já vai ter mais volta. Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide”, diz o advogado.

 

Rejeitado nas urnas, tucano promete arrancar cabeça de Dilma à “foice e martelo”

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 8
  3. 9
  4. 10
  5. 11
  6. 12
  7. 20
  8. 30
  9. 40
  10. Última