Publicidade

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014 Governo | 16:45

Mercadante tem agenda cheia para tentar viabilizar votação do superávit

Compartilhe: Twitter
O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante(Foto: Agência Brasil)

O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante(Foto: Agência Brasil)

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, está com a agenda cheia nesta terça-feira, por conta da articulação da votação da alteração na meta do superávit primário.

O ministro protagoniza um entra-e-sai em salas do quatro andar do Palácio do Planalto, em conversas com colegas e deputados, na esperança de amarrar um acordo.

 

Autor: Tags: , ,

Congresso | 13:16

‘Me levem ao líder dessa joça’, diz Lobão no Congresso

Compartilhe: Twitter

Em Brasília para participar da movimentação contra a alteração da meta do superávit primário de 2014, o cantor Lobão criticou o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), por barrar a entrada dos manifestantes no prédio.

“Me levem ao líder dessa joça”, disse o cantor, que negocia a entrada de cerca de 50 manifestantes no Congresso Nacional. O grupo leva cartazes contra o Foro de São Paulo e a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff. De acordo com os seguranças, Lobão foi autorizado a entrar por ser “um artista e cidadão de bem”, além de ter autorização do presidente da Casa.

Leia também: Oposição comemora palanque na votação da meta de superávit

Com o apoio de parlamentares da oposição como Mendonça Filho (DEM-PE), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e Antônio Imbassahy (PSDB-BA) e Jair Bolsonaro (PP-RJ), Lobão estuda a possibilidade de ir ao Supremo Tribunal Federal contra Calheiros.

Assista a um trecho da chegada de Lobão ao Congresso:

Autor: Tags: , , , , ,

Congresso | 12:18

Oposição comemora palanque na votação da meta de superávit

Compartilhe: Twitter

A oposição comemora sem freio o resultado obtido até agora na votação do projeto que altera a meta do superávit primário. A avaliação feita por líderes tucanos é de que não poderia haver palanque melhor para endurecer o discurso, a fim de segurar a fatia do eleitorado que votou contra a presidente Dilma Rousseff na eleição presidencial.

Algumas palavras se repetem sucessivamente nos discursos, seguindo rigorosamente a orientação dada pelos líderes oposicionistas. Por exemplo, “afronta à Constituição”, “crime de responsabilidade” e “chantagem”. “Estamos diante de uma verdadeira afronta aos interesses do país”, disse o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG). “É um crime cometido pela presidente da República”, emendou o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Autor: Tags: , , , ,

Partidos | 12:00

‘Desse jeito, o PT vai ter que processar todo mundo’, diz tucano

Compartilhe: Twitter
O deputado Carlos Sampaio (Foto: Divulgação)

O deputado Carlos Sampaio (Foto: Divulgação)

Encarregado de comandar a área jurídica da campanha presidencial do PSDB, o deputado Carlos Sampaio ironiza a decisão do presidente nacional do PT, Rui Falcão, de ir à Justiça após o tucano Aécio Neves ter se referido ao partido da presidente Dilma Rousseff como uma “organização criminosa”.

“Parece brincadeira. Desse jeito, o PT vai ter que processar todo mundo”, diz o deputado.

Autor: Tags: , , , , , ,

Governo | 10:30

Ala petista tenta reverter indicação de Guedes para o Desenvolvimento Agrário

Compartilhe: Twitter
O ex-prefeito de Chapecó Pedro Uczai (PT-SC). Foto: Agência Alesc

O ex-prefeito de Chapecó Pedro Uczai (PT-SC). Foto: Agência Alesc

Insatisfeitos com a possível indicação do atual presidente do Instituto Nacional da Reforma Agrária, Carlos Guedes, para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, um grupo de petistas tem tentado emplacar o deputado federal reeleito Pedro Uczai (PT-SC) como uma alternativa de maior aceitação entre os movimentos do campo.

Leia também: ‘Dilma começa dando os sinais errados’, diz petista sobre possíveis ministros

Na avaliação de petistas como Valmir Assunção (PT-BA), Padre Ton (PT-RO) e Dionilso Marcon (PT-RS), o nome de Guedes não seria suficiente para fazer frente ao desgaste da indicação da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para o Ministério da Agricultura – dada como certa pelo partido.

Já Uczai é visto como um nome de boa interlocução entre os movimentos rurais e que poderia, assim, balancear as indicações para a nova equipe da presidente Dilma Rousseff. O petista já foi prefeito do município de Chapecó, conhecida como uma das referências da agricultura familiar no país.

Autor: Tags: , , ,

Estados | 09:00

Três tucanos são favoritos para presidir Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

Três tucanos lideram atualmente a lista de apostas para presidir a Assembleia Legislativa de São Paulo na próxima legislatura.

Embora o governador Geraldo Alckmin ainda evite articular em favor a um dos candidatos, os mais citados por interlocutores são Barros Munhoz, Vaz de Lima e Fernando Capez.

Autor: Tags: , , , , ,

Justiça | 07:30

Em reservado, Paulo Roberto Costa disse que delatou 35 políticos à PF

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Enio Bacci (PDT-RS). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Enio Bacci (PDT-RS). Foto: Agência Câmara

Se no início do dia de ontem a expectativa era de que os ex-diretores da Petrobras Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró pouco ou nada falariam na acareação convocada pela CPMI da Petrobras, ao final da sessão chamavam a atenção as conversas paralelas entre Costa e os deputados Júlio Delgado (PSB-MG) e Enio Bacci (PDT-RS).

Além de agradecer pela colaboração com as investigações, os dois deputados queriam saber quantos nomes de políticos o ex-diretor havia entregue na delação premiada da operação Lava Jato da Polícia Federal.

Oficialmente, para não correr o risco de quebrar o acordo judicial, Costa limitou-se a dizer à Comissão que eram “algumas dezenas”. Mas, de acordo com Bacci, o número preciso lhe foi revelado num cochicho pelo próprio Costa: 35 nomes foram denunciados à PF.

 

 

Autor: Tags: , , , , ,

Política | 06:00

Troca no ministério pode dar novo perfil à EBC

Compartilhe: Twitter

Uma conversa que circula no governo é que uma eventual mudança na Secretaria de Comunicação Social do governo, hoje comandada por Thomas Traumann, pode vir acompanhada de uma nova estratégia para a Empresa Brasileira de Comunicação, a EBC.

A avaliação é que a estrutura robusta de mídia da estatal não tem sido aproveitada como poderia. A ideia, em tese, é casar a linha gerencial da EBC às negociações do projeto do PT de fazer avançar a proposta de regulação da mídia.

 

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 2 de dezembro de 2014 Congresso | 21:35

Sob tumulto, Congresso adia votação de nova meta fiscal

Compartilhe: Twitter

Diante da recusa de um grupo de cerca de 26 manifestantes de deixar as galerias da Câmara dos Deputados, o presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu suspender a sessão em que deveria ser votado o projeto que altera a meta do superávit primário de 2014, enviado pelo Planalto. A orientação do governo era votar a iniciativa ainda hoje.

Leia também: Governo faz ofensiva para aprovar flexibilização da meta fiscal

A decisão de evacuar as galerias partiu de um pedido da senadora Jandira Feghali (PCdoB-RJ), após escutar parte dos manifestantes xingarem a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) de “vagabunda”. O grupo, entretanto, se defendeu afirmando que os gritos na realidade diziam “Vai pra Cuba”. O tumulto durou mais de uma hora, até que Calheiros decidiu suspender a sessão até amanhã de manhã – criticando ainda o fato de parte do grupo ser composta por funcionários da Casa.

Assista a um trecho da manifestação:

Autor: Tags: , , , , , , ,

Governo | 18:31

Dilma combina com Vázquez de garantir quórum da posse

Compartilhe: Twitter

A presidente Dilma Rousseff telefonou ontem para Tabaré Vázquez. Na conversa, a petista parabenizou o presidente eleito do Uruguai e combinou que irá à sua posse. Ele fez o mesmo.

Em casos de reeleição, como o de Dilma, é comum chefes de Estado não se verem diante da obrigação rígida de prestigiar o presidente eleito na posse.

Ainda assim, o Planalto está esperando a presença significativa de chefes de Estado, principalmente vindos de países da América Latina.

Autor: Tags: ,

  1. Primeira
  2. 70
  3. 80
  4. 90
  5. 98
  6. 99
  7. 100
  8. 101
  9. 102
  10. 110
  11. 120
  12. 130
  13. Última