Publicidade

sexta-feira, 20 de março de 2015 Congresso | 09:00

‘Se Dilma nomear ministros do PMDB é por sua conta e risco. Não venha exigir fidelidade’, diz peemedebista

Compartilhe: Twitter
Deputado Federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) - Foto: Divulgação

Deputado Federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) – Foto: Divulgação

O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) avisa que a bancada peemedebista na Câmara não tem a menor intenção de se comprometer em ser fiel ao governo, nem mesmo com uma enxurrada de ministérios.

“Se Dilma decidir indicar algum ministro do PMDB, que fique claro que é por sua conta e risco. Ela que não venha exigir fidelidade da bancada, porque ninguém está nesse clima.”

Autor: Tags: ,

Eleições | 07:00

PT faz consultas sobre possibilidade de pedir o mandato de Marta Suplicy

Compartilhe: Twitter

O PT ainda tomou a decisão, mas já iniciou consultas a advogados especializados em Direito Eleitoral sobre a possibilidade de pedir na Justiça o mandato da senadora Marta Suplicy, que deve deixar o partido para disputar a prefeitura de São Paulo pelo PSB.

Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

Marta Suplicy (Foto: Agência Senado)

O comando partidário ouviu de advogados que são boas as chances de vitória, mas que não há nenhuma garantia. É que o cargo de senadora é majoritário e, em tese, não se enquadraria na regra da fidelidade partidária. Mas, ainda de acordo com o jurídico do PT, a jurisprudência aponta no sentido de rever esse entendimento.

A questão é que o PT acha que Marta Suplicy quer mesmo é ser expulsa. Assim, avalia o partido, ela poderia justificar a troca de legenda para seu eleitorado e reforçar o discurso de que não teve espaço na legenda para expor suas opiniões.

Por isso a ordem é trabalhar de todas as formas possíveis para evitar que a expulsão se faça necessária. Todos os dirigentes foram orientados a não embarcar em provocações da senadora, como as críticas públicas que tem feito ao prefeito Fernando Haddad.  A expectativa, dizem líderes da legenda, é de que a senadora se torne a cada dia mais agressiva.

Mas, pelo menos na noite desta sexta-feira, o clima deve ser animado para a senadora. Marta recebe os convidados para sua festa de 70 anos. Na lista, a cúpula do PSB. Fora dela, a do PT.

 

 

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 19 de março de 2015 Congresso | 19:39

PMDB vê ‘simbolismo’ em ter Eduardo Cunha como autor da PEC dos 20 ministérios

Compartilhe: Twitter
Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

Eduardo Cunha (PMDB-RJ). (foto: Alan Sampaio iG/Brasília)

O PMDB alardeia por todos os lados que o autor da proposta de emenda à Constituição que prevê a redução do número de ministérios para 20 é de autoria do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Quer aproveitar ao máximo o “simbolismo” da coisa.

O texto está pautado para ser analisado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ) na próxima terça-feira, em mais uma alfinetada do PMDB no Planalto.

Tales Faria: PMDB proporá redução de ministérios. É o troco pela paralisia de Dilma

 

Autor: Tags: , , ,

Governo | 19:15

Entre peemedebistas, Cid vira ‘The Flash’

Compartilhe: Twitter
O ex-ministro da Educação Cid Gomes (PROS-CE). Foto: Agência Brasil

O ex-ministro da Educação Cid Gomes (PROS-CE). Foto: Agência Brasil

Peemedebistas passaram esta quinta-feira referindo-se ao ex-ministro Cid Gomes como “Cid The Flash”.

Alguns parafraseavam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, repetindo que “nunca na história deste país” um ministro passou tão depressa pelo MEC.

Autor: Tags: , ,

Congresso | 17:00

‘PMDB trucou’, diz vice-líder do PROS sobre ameaça contra Cid Gomes

Compartilhe: Twitter
O vice-líder do PROS na Câmara, Valtenir Pereira. (PROS-MT). Foto: Agência Câmara.

O vice-líder do PROS na Câmara, Valtenir Pereira. (PROS-MT). Foto: Agência Câmara.

Ao lamentar a saída do correligionário Cid Gomes do Ministério da Educação, o vice-líder do PROS na Câmara Valtenir Pereira disse que “o PMDB trucou” ao ameaçar deixar o governo caso Cid não fosse mandado embora.

“Foi uma trucada. O PMDB trucou. Agora, eles poderiam estar blefando ou não. Na minha opinião, era um blefe”, diz o presidente estadual do PROS no Mato Grosso. “Havia um impasse, que o PMDB decidiu enfrentar desta forma. Mas não precisou de um constrangimento da presidente Dilma Rousseff, porque o próprio ministro entregou o cargo.”

Autor: Tags: , , ,

Governo | 15:25

PT agora busca receita para evitar que o MEC caia nas mãos do PMDB

Compartilhe: Twitter

A declaração dada nesta manhã pela presidente Dilma Rousseff de que não fará uma reforma ministerial, mas sim uma “troca pontual” na equipe, foi imediatamente entendida no Planalto como um recado de que ela não cederá às pressões por uma mudança profunda no núcleo político do governo. Assim, as atenções voltaram-se imediatamente para o orçamento graúdo do Ministério da Educação.

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

Hoje mesmo, o PT começou a discutir alternativas para tentar recuperar a pasta e evitar que ela caia nas mãos do PMDB. Uma conversa que rodou nesta manhã no Planalto incluía a possível transferência de Ricardo Berzoini para o MEC, com a entrega do Ministério das Comunicações para o PMDB.

Qualquer mudança nesse sentido pode envolver também a Secretaria de Comunicação Social. Enquanto o Planalto comanda sondagens para trocar o comando da Secom, também voltaram a circular versões divergentes sobre o destino das gordas verbas de publicidade do governo.

Há cerca de duas semanas, o próprio ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a defender nos bastidores que esses recursos sejam administrados pelo Ministério das Comunicações. A ideia, entretanto, rodava tendo em vista a permanência de Berzoini no comando da pasta.

Se vingarem as sugestões feitas hoje no Planalto, a troca no ministério já não seria tão pontual assim. Seriam alterados os comandos do MEC, das Comunicações e da Secom. Sem contar a articulação política do governo, que continua sendo apontada como um dos prováveis focos de uma mudança no ministério.

De qualquer forma, o clima no Planalto é de forte pressão para que Dilma acelere as conversas e acerte o quanto antes as novas indicações, mesmo que sejam de fato feitas poucas alterações no time. Auxiliares da presidente dizem torcer para que tudo se resolva até o fim de semana, para, quem sabe, anunciar a nova equipe na segunda-feira. Mas quem é próximo da presidente admite que rapidez em decisões sobre o ministério nunca foram sua prioridade.

 

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 14:47

‘Palavra do momento é diálogo’, diz petista sobre saída de Cid Gomes

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE). Foto: Agência Câmara

Secretário municipal de Saúde de Sobral durante os oito anos em que Cid Gomes comandou a prefeitura da cidade cearense, o deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE) disse que, embora a saída do ex-ministro da Educação fosse “inusitada”, sua atitude diante do Congresso Nacional e a decisão de deixar o governo foram “coerentes” com sua trajetória política.

Ao falar sobre os próximos passos a serem adotados pelo PT, entretanto, Odorico defendeu que “a palavra do momento é diálogo” e evitou criticar a postura adotada pelo PMDB contra Cid. “Não é só uma questão de governabilidade, nós precisamos construir uma governança sistêmica. Isso quer dizer olhar para nossa relação com a base no parlamento, com a base nos ministérios e, sobretudo, para o diálogo com a sociedade.”

Leia também: “Não tem reforma ministerial”, afirma Dilma após demissão de Cid Gomes

Autor: Tags: , , , , , , ,

Congresso | 09:00

Sobrou para Tiririca

Compartilhe: Twitter
Deputado Federal Tiririca (PR-SP). Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Deputado Federal Tiririca (PR-SP). Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Em meio a toda a confusão na Câmara que culminou na demissão do ministro Cid Gomes, acabou sobrando para o deputado Tiririca (PR-SP).

Como o clima pegou fogo mesmo quando Cid foi chamado de “palhaço”, a piada que rodou por horas no plenário era a de que o deputado do PR havia sido imediatamente procurado pelo Planalto, para ser convidado a assumir o ministério.

Autor: Tags: , , ,

Governo | 07:00

Saída de Cid alimenta torcida no governo por rapidez na reforma ministerial

Compartilhe: Twitter

Embora muita gente manifestasse ontem à noite preocupação com o impacto da demissão de Cid Gomes sobre o governo, petistas com bom trânsito no Planalto também diziam enxergar ao menos um ponto positivo: a possibilidade de a saída do ministro da Educação agilizar as conversas para uma reforma ministerial.

Leia também: Para petistas, saída de Cid abre a porta para volta de Mercadante ao MEC

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

No círculo próximo a Dilma Rousseff, é recorrente a queixa sobre a demora da presidente em redesenhar o ministério. Pelo menos três ministros ouvidos pelo Poder Online admitem que as conversas para as trocas no primeiro escalão praticamente não andaram, enquanto as especulações sobre quem estaria com a cabeça a prêmio correm soltas.

E, se depender do histórico da presidente, as discussões podem se arrastar por meses. Um exemplo citado com frequencia pelos auxiliares da presidente é o da saída de Graça Foster do comando da Petrobras. De acordo com um auxiliar da presidente, uma das ideias originais era acomodá-la no Ministério de Minas e Energia. Mas Dilma demorou tanto para ceder aos pedidos pela saída da presidente da estatal, que sua única opção, no momento em que a demissão se concretizou, era ir para casa.

Se isso se repetir, afirma um desses ministros, a ideia de reformular o primeiro escalão acaba atrapalhando muito mais do que ajudando.

 

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 18 de março de 2015 Congresso | 22:22

Cid já está no Ceará

Compartilhe: Twitter

Cid Gomes não quis nem saber de esperar antes de embarcar para o Ceará. Pegou um voo às 19h.

Ele, aliás, já havia avisado à sua equipe que a demissão era uma possibilidade.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 10
  3. 20
  4. 30
  5. 39
  6. 40
  7. 41
  8. 42
  9. 43
  10. 50
  11. 60
  12. 70
  13. Última