Publicidade

Posts com a Tag acordo

terça-feira, 18 de setembro de 2012 Congresso | 05:01

Expectativa é de aprovação do Código Florestal na Câmara

Compartilhe: Twitter

Relator do texto aprovado na Comissão Mista que analisou a medida provisória do Código Florestal, o senador Luiz Henrique (PMDB-SC) põe um ponto final sobre a participação do governo no acordo:

— O governo participou de pontos importantes, como incluir os rios intermitentes em Áreas de Preservação Permanente, aumentar para 15 metros o perímetro das APPs nos olhos d’água e a emenda que beneficia o cerrado. Mas não participou do acordo para mudança de metragem das APPs em propriedades médias. Este ponto foi acertado por mim e pelo senador Jorge Viana (PT-AC), senão perderíamos tudo para os ruralistas — declarou ao Poder Online.

Como se sabe, a presidenta Dilma Rousseff deu um puxão de orelha em suas ministras por causa do acordo. Ideli Salvatti (Coordenação Política) e Izabella Teixeira (Meio Ambiente) negaram ter participado deste acerto e disseram que se mantiveram firmes na defesa do escalonamento da metragem das APPs, a chamada “proposta de escadinhas”.

Temendo o veto presidencial a este item, os ruralistas decidiram obstruir a votação da MP . Mas se ela não for votada no esforço concentrado desta semana na Câmara, corre o sério risco de caducar.

E qual a expectativa de Luiz Henrique?

— Os deputados irão aprovar a MP. Ninguém é louco de derrubá-la, colocando milhões de pequenos agricultores na ilegalidade.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 24 de maio de 2012 Congresso | 17:04

Líder do PSDB explica seu “acordo de procedimentos” com PT e PMDB

Compartilhe: Twitter

O líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo, disse ao Poder Online que o seu partido fechou com o PMDB e o PT apenas um “acordo de procedimentos”, deixando para a semana que vem a convocação do governadores.

Bruno Araújo dá a entender que, no mérito, não há acordo. Ele não quis votar agora as convocações temendo, segundo afirma, que isso fosse usado pelo PMDB er pelo PT como argumento de que houve quebra do tal acordo de procedimentos.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 28 de maio de 2011 Partidos | 16:59

FHC costurou o acordo no PSDB, abrindo mão para Serra do Conselho Político do partido

Compartilhe: Twitter

Os tucanos ligados ao senador Aécio Neves (MG) chegaram a tentar fazer de Fernando Henrique Cardoso também presidente do Conselho Político do PSDB.

Não sobraria nada para José Serra,  adversário de Áécio na corrida pela vaga de candidato do partido a presidente da República em 2014.

Mas o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não aceitou. Saiu da Convenção Nacional do PSDB como entrou: com o cargo de presidente de honra do partido.

FHC foi quem costurou o acordo para evitar o rompimento definitivo de Serra. E passou ao ex-governador de São Paulo o posto de presidente do Conselho Político:

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 19 de maio de 2011 Governo | 06:05

PV cobra de Dilma cumprimento da promessa feita em troca de apoio no 2º Turno das eleições

Compartilhe: Twitter

Como Poder Online explicou na segunda-feira, a então candidata a presidenta da República Dilma Rousseff (PT) obteve apoio da maior parte do comando nacional do Partido Verde, na disputa de segundo turno contra o tucano José Serra, numa solenidade em que assinou uma espécie de carta-compromisso com os ambientalistas.

Mas ontem o líder do governo na Câmara, Cãndido Vaccarezza (PT-SP), fechou um acordo com os ruralistas e com o PMDB para garantir a votação do Código Florestal na próxima terça-feira, liberando a pauta da Câmara para a votação das medidas provisórias do governo que estão às vésperas de perder validade.

Esse acordo, no entanto, não tem o aval do PV, que simplesmente não aceita a proposta de legalizar as plantações feitas até 2008 nas Áreas de Preservação Permanente das fazendas.

O deputado Sarney Filho (PV-MA) foi o principal articulador do apoio do PV a Dilma Rousseff no segundo turno. Agora, ele é um, dos primeiros a cobrar da presidenta que cumpra sua palavra e vete a legalização:

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 Congresso | 10:52

Fechado acordo com o PMDB: PT fará o presidente da Câmara

Compartilhe: Twitter

Henrique Eduardo Alves (Foto: AE)

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse ao Poder Online que está fechado o acordo de rodízio com o PT na presidência da Câmara.

O próprio líder é o candidato do PMDB, mas só assumirá daqui a dois anos. O presidente da Câmara no primeiro biênio do governo Dilma Rousseff será um petista.

O deputado explica:

— Já que o PT tem a maior bancada, nós do PMDB daremos a eles o direito de decidir se querem comandar a Casa neste primeiro biênio ou no próximo. Provavelmente eles vão querer agora. Ficaram de até terça-feira decidir o nome que o PT indicará. Aí faremos um documento, assinado pelo presidente do PMDB e pelo presidente do PT, selando o apoio de uma bancada à eleição do presidente de outra bancada em cada biênio. E pronto, o acordo estará formalizado. Está tudo combinado.

Autor: Tags: , , , ,