Publicidade

Posts com a Tag Afonso Florence

terça-feira, 9 de junho de 2015 Brasil, Governo, Partidos, Política | 18:17

Petistas desaconselham ida de Dilma a debates internos

Compartilhe: Twitter

Diante da perspectiva de ausência da presidente Dilma Rousseff na abertura do 5º Congresso do PT, que ocorrerá na próxima quinta-feira (11), em Salvador, petistas aconselham que a presidente não vá durante os debates, que geralmente ocorrem no segundo dia, com críticas abertas ao governo e tradicionalmente com muita disputa política.

“A expectativa do PT, das mulheres, de todos os petistas é homnegeála, mas preferencialemten quando eles não tiverem sua propostas sendo votadas”, disse o deputado Afonso Florence (PT-BA)

Primeiramente, a intenção de Dilma era chegar da viagem que faz à Bélgica, na noite de quinta-feira e participar da abertura do Congresso ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As mulheres do PT já haviam preparado uma homenagem à presidente para a abertura.

Para o deputado,  Dilma, como petista, sabe bem como ocorrem os debates internos do partido.”Uma coisa é a abertura, um ato solene, outra coisa são os trabalhos de grupo, outra coisa é a plenária final deliberativa. Obviamente, interromper o processo de disputa típico, natural, democrático do PT pode criar um ambiente que uma proposta, tendencialmente vitoriosa se sinta preterida. Como boa petista, certamente ela sabe a distinção de sua presença em cada um desses momentos”, disse Florence, que já ocupou o cargo de ministro do Desenvolvimento Agrário no primeiro mandato da presidente.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 26 de março de 2015 Congresso | 09:00

‘Vamos combater corrupção ou só o PT’, questiona petista sobre CPI da Petrobras

Compartilhe: Twitter

Integrante da Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga denúncias de corrupção na Petrobras, o petista Afonso Florence (BA) tem dito que a oposição, com o apoio de parte significativa do PMDB, está tentando “espetacularizar” os trabalhos da CPI, “cerceando a investigação isenta”.

“Aceitamos a vinda do tesoureiro do PT, mas há delação contra o PMDB, o PSDB e o PP. Por que os tesoureiros deles não podem vir?”, questionou Florence. “Nós vamos combater a corrupção ou vamos combater somente o PT?”

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 2 de março de 2015 Governo | 07:00

Patrus Ananias busca articulador político para comando do Incra

Compartilhe: Twitter
O ministro do Desenvolvimento Agrário e ex-prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT-MG). Foto: Divulgação

O ministro do Desenvolvimento Agrário e ex-prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT-MG). Foto: Divulgação

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, deve anunciar já nos próximos dias o futuro presidente do Instituto Nacional da Reforma Agrária. O escolhido assumirá o lugar do economista Carlos Guedes, que desde 2012 preside o órgão por indicação de Miguel Rossetto.

Leia também: Entenda a disputa entre Kátia Abreu e Patrus Ananias na reforma agrária

Entre os nomes defendidos pelos movimentos sociais, está o do superintendente regional do Incra em Sergipe, Leonardo Góes. Na avaliação de Ananias, entretanto, seria interessante indicar alguém com um perfil não apenas técnico, mas também com um bom potencial de articulação política.

Neste contexto, outro nome cotado é o da ex-secretária se Planejamento de Sergipe, Maria Lúcia Falcón. Em 2010, ela chegou a ser sondada pela então recém-eleita presidente Dilma Rousseff para assumir o comando do MDA. Por resistência da tendência petista Democracia Socialista, no entanto, a vaga acabou ficando com o petista Afonso Florence (BA).

O comando do Incra é o último passo que falta para Ananias fechar a nata de seu time. Entre outros nomes de sua confiança, o mineiro já conta com o apoio da ex-presidente da Caixa Econômica Federal Maria Fernanda Coelho, que ocupa a secretaria-executiva do Ministério e foi um dos nomes sugeridos à presidente como possível titular da pasta, antes da escolha do mineiro.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quinta-feira, 20 de novembro de 2014 Congresso | 07:30

Sibá Machado e Afonso Florence disputam liderança do PT na Câmara

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Afonso Florence (PT-BA). Foto: Divulgação

O deputado federal Afonso Florence (PT-BA). Foto: Divulgação

Paralelamente às negociações sobre quem o PT deve indicar ou apoiar na disputa pela Presidência da Câmara, internamente o partido também já discute quem irá liderar a sigla no próximo ano.

Hoje, os dois principais nomes que pleiteiam a sucessão de Vicentinho (PT-SP) são os deputados federais reeleitos Afonso Florence (PT-BA) e Sibá Machado (PT-AC).

Para contemplar as diferentes correntes internas, o partido deve fechar um acordo de rotatividade para os próximos mandatos. Sibá faz parte da tendência petista majoritária Construindo um Novo Brasil, enquanto Florence atua na Democracia Socialista.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 Congresso | 17:17

Após desistências, Izar procura relator para analisar denúncia contra petista

Compartilhe: Twitter

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, Ricardo Izar (PSD-SP) terá de escolher outro relator para conduzir a apuração contra o deputado Afonso Florence (PT-BA).

Florence, Rui Costa (PT-BA) e Nelson Pelegrino (PT-BA) são alvo de representação do DEM e do PSDB depois que foram citados numa reportagem por supostamente terem se envolvido no desvio de dinheiro destinado à construção de 1.120 casas populares para famílias de baixa renda.

Dos três sorteados para ficar com a relatoria específica da parte que diz respeito a Florence, dois já desistiram de assumir a responsabilidade. Zequinha Marinho (PSC-PA) abriu mão assim que foi sorteado e Roberto Teixeira (PP-PE) alegou uma viagem para declinar do convite.

Izar pretende indicar Mauro Lopes (PMDB-MG). Acontece que Lopes é cotado para ser indicado pelo PMDB para ocupar o Ministério da Agricultura e há quem acredite que poderia querer evitar a tarefa de ter de emitir parecer contra um deputado petista neste momento.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 5 de novembro de 2014 Congresso | 07:30

No Congresso, PT já fala em ‘pacote do terceiro turno’

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

Diante de uma série de derrotas, parlamentares petistas já falam em um “pacote do terceiro turno”, articulado pela oposição e por peemedebistas insatisfeitos com o governo.

Leia também: CUT faz três dias de protesto pró-decreto da participação social

No bolo, entrariam tanto a derrubada do decreto presidencial que institui a Política Nacional de Participação Social e a convocação de ministros para falarem na Comissão de Agricultura, aprovadas na última semana, como a abertura de processos no Conselho de Ética contra os deputados pelo PT da Bahia Afonso Florence, Nelson Pellegrino e o governador eleito Rui Costa.

A ameaça de aprovação da PEC do Orçamento Impositivo nesta semana, as investigações da CPMI da Petrobras e a articulação para impedir que o PT assuma a presidência da Câmara na próxima legislatura seriam outras medidas do pacote.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

quarta-feira, 5 de setembro de 2012 Congresso | 15:58

Deputados adiam pela 5ª vez votação que poria fim nos 14º e 15º salários

Compartilhe: Twitter

Mais uma vez, por falta de quórum, os deputados da Comissão de Finanças e Tributação (CFT) adiaram a votação que acabaria com os benefícios de 14ª e 15ª salários pagos aos parlamentares.

O relator do projeto, deputado Afonso Florence (PT-BA), que deu parecer favorável ao fim das benesses, lamentou o adiamento.

Florence vem tentando colocar o projeto na lista entre prioridades da Câmara.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 Congresso | 08:03

Reforma ministerial de Dilma assombra suplentes na Câmara

Compartilhe: Twitter

Relator do projeto do novo Código de Processo Civil, o deputado Sérgio Barradas Carneiro (PT-BA) não esconde a preocupação com a reforma ministerial prometida pela presidenta Dilma Rousseff para o início do ano que vem.

Acontece que Barradas é terceiro suplente pela coligação da Bahia e só assumiu mandato com a nomeação dos ministros baianos Afonso Florence (Desenvolvimento Agrário) e Mário Negromonte (Cidades), que já constaram na lista negra de Dilma:

— Se houver a tal reforma e sair apenas um ministro, o Afonso ou o Negromonte, teoricamente fico até abril. Se os dois saírem, perco o mandato imediatamente. Agora imagina eu fazer todo esse trabalho pelo código, e não concluí-lo. É um assunto que o PT deve levar em consideração nas suas tratativas com o governo, até porque o relatório está com o partido — disse ao Poder Online.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 20 de setembro de 2011 Governo | 18:04

Deputado defende ministro número 3 da lista de Dilma

Compartilhe: Twitter

Depois de o jornal Estado de S.  Paulo de ontem ter publicado matéria em que diz que o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, é um ministro “escanteado” pelo governo Dilma, o deputado Valmir Assunção (PT-BA) saiu em defesa de Florence na Câmara dos Deputados:

– Temos que destacar que Florence vem cumprindo à risca todas as determinações da presidenta Dilma. A reforma agrária e a agricultura familiar e camponesa são importantes assuntos que estão na pauta do Governo, agora com muito mais força. O conjunto de determinações da presidenta Dilma, como programas de desenvolvimento do campo, passa necessariamente pelo MDA, o que configura Florence como um ministro muito importante para o Brasil.

Só para lembrar: Florence é o número 3 da lista de ministros com os quais Dilma Rousseff está insatisfeita. Depois da saída do número 1 e, quatro dias depois da queda do número 2, começou o bombardeio na imprensa contra Florence.

Atualização 21h45: O líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), e o coordenador da bancada baiana do PT, Nelson Pellegrino, também defenderam o ministro Afonso Florence. “Com empenho e conhecimento de causa, tem lutado para executar políticas públicas que garantam um novo marco no programa de reforma agrária que o governo do PT e aliados tem levado a cabo desde 2003″, disse Teixeira em nota oficial.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 23 de agosto de 2011 Congresso | 07:14

Senado faz maratona de audiências com ministros

Compartilhe: Twitter

O Senado ouvirá hoje quatro ministros do governo Dilma Rousseff, dois deles acusados de denúncias de corrupção.

O primeiro depoimento será do ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, às 8h30, para esclarecer suspeitas de negociação de terras destinadas à reforma agrária no Mato Grosso e na Bahia.

Em seguida, às 9h30, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, falará sobre a nova política industrial, e o ministro Edison Lobão, às 14h, sobre a divisão dos royalties do petróleo.

A última audiência será a do ministro do Turismo, Pedro Novaes, às 15h, para prestar esclarecimentos sobre denúncias que levaram à prisão de 35 pessoas na Operação Voucher da Polícia Federal.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última